Temporada de resultados: o que é, como funciona e importância


A temporada de resultados é uma época em que as empresas apresentam os seus resultados financeiros e operacionais para o mercado.

Sendo que a temporada de resultados ocorre trimestralmente, de maneira geral, entre 30 e 45 dias após o fechamento de um trimestre.

Portanto, trata-se de um período onde as empresas apresentam para o mercado seus números, permitindo que os investidores analisem se os negócios estão dentro, acima ou abaixo das projeções.

Portanto, os resultados da empresa impactam nas decisões dos investidores. Afinal de contas, dependendo dos resultados apresentados, os investidores podem optar por investir ou deixar de investir na empresa.

Os resultados de uma empresa, bem como a movimentação dos investidores, pode acabar impactando os preços das ações, por causa da lei de oferta e demanda.

Inclusive, muitos investidores acabam entrando na onda de especulações sobre as empresas e tendo resultados ruins.

O mais recomendado é que você faça a sua própria análise, ao invés de seguir as ondas de especulações.

Para isso, você pode analisar os indicadores das empresas por meio da análise fundamentalista, por exemplo. Com isso, você consegue investir em boas empresas com foco no longo prazo.

Quando ocorre a temporada de resultados?

A temporada de resultados ocorre de forma trimestral.

Essas divulgações de resultados são obrigatórias para que o mercado possa analisar como foi o desempenho da empresa nos 3 meses anteriores.

Enfim, essas divulgações ocorrem, geralmente, entre 30 e 45 dias depois do fechamento de um trimestre.  Sendo que a divulgação dos documentos costuma ser feita no site da própria companhia.

Portanto, esses documentos podem ser encontrados em uma área direcionada aos investidores, a chamada Relação com Investidor (RI).

Para que serve a temporada de resultados?

Na temporada de resultados as empresas apresentam os seus resultados financeiros e operacionais para o mercado.

Nesse sentido, esse período serve para que o mercado analise se a performance das empresas estão dentro, acima ou abaixo das projeções.

Desse modo, a temporada de resultados é essencial para que seja mantida uma relação de transparência entre a empresa e os seus acionistas.

Além disso, ela é uma ferramenta para a tomada de decisão dos investidores. De fato, com base nos resultados, os investidores podem optar por investir ou não em certa empresa.

O que deve ser analisado nesses resultados?

Alguns indicadores essenciais para a análise de uma empresa são:

1- Lucro

Com base no lucro da empresa, você pode verificar se a empresa obteve ganhos no período.

Além disso, você pode analisar a margem de lucro do negócio, isto é, o percentual que a empresa consegue obter de ganhos em relação à sua receita.

2- Receita

A receita é um dado essencial para que o investidor consiga entender se os produtos ou serviços da empresa estão atendendo a demanda do mercado.

É possível conferir ainda se a demanda está subindo ou caindo, em comparação com os trimestres anteriores.

3- Dívida

Por fim, saber como está o endividamento da empresa é importante para que você saiba como está a saúde financeira do negócio.

Impactos da temporada de resultados sobre as ações

De acordo com os resultados apresentados pela empresa, o preço das suas ações pode passar por mudanças. Isso porque, com base nos resultados, os investidores podem optar por investir ou não na empresa.

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

Logo, a lei da oferta e demanda entra em ação, afetando o preço das ações. Por exemplo, uma empresa com resultados abaixo do esperado, pode ter uma queda nos preços das ações.

Por outro lado, uma empresa que apresentou resultados acima do esperado, pode ver o preço das suas ações subir. Afinal de contas, por causa dos bons resultados, ela pode atrair novos investidores.

O que fazer nesse período?

Algumas coisas que você deve fazer na temporada de resultados é:

1- Aprender mais sobre a empresa

Aproveite este período para aprender mais sobre a empresa e seus controladores.

É claro que você deve ficar de olho nos números apresentados pela empresa. Mas busque aprender mais sobre a empresa e sua atuação também.

2- Tenho foco

Tenha foco na empresa em si e não nos impactos que isso terá no preço das ações. Isso porque, nesse período é comum que as ações passem por oscilações de preço por causa dos resultados.

No entanto, se você investe com foco no longo prazo, a atuação da empresa bem como os seus indicadores é mais importante do que a cotação no curto prazo.

3- Questione

Por fim, não deixe de se questionar se o resultado da empresa realmente foi bom. Questione também a reação do mercado em relação ao resultado.

O que não fazer nesse período?

Por outro lado, algumas coisas que você não deve fazer na temporada de resultados é:

1- Se apavorar

Não se apavore com o resultado da empresa e os impactos causados nos preços das ações. Se você se apavorar, você pode tomar decisões precipitadas e pode se arrepender depois.

Portanto, não se deixe levar pelas emoções. Lembre-se: no mundo dos investimentos, é essencial ser racional.

2- Seguir dica quente

Nada de seguir dica quente ou seguir a onda do mercado. Evite especular, ao invés disso, invista em boas empresas com foco no longo prazo.

3- Comprar ação sem conhecer a empresa

Por fim, não compre ações de empresas que você não estudou os indicadores e não conhece a atuação.

Investir deve ser sempre para o longo prazo, logo, é importante investir em empresas com bons indicadores.

LEIA MAIS

O que são notas explicativas no balanço patrimonial

Balanço patrimonial, o que é? Como funciona, conceitos e para que serve

Avaliação patrimonial, o que é? Como funciona, vantagens e como fazer

Ajuste de avaliação patrimonial, o que é? Como funciona e cálculos

Análise vertical e horizontal: o que são e como fazer?

Lucro por ação (LPA): o que é e como calcular corretamente

O que é equity? Conceito e exemplos de aplicação do termo

Fontes: Xpi, Acionista e E – investidor.

Conte-nos a sua opinião...