Transferências por WhatsApp – Autorização do Bacen e como funciona


No dia 30 de março de 2021, o Banco Central do Brasil (Bacen) autorizou a implantação do programa de pagamentos do WhatsApp Pay. Dessa maneira, é possível realizar transferências e pagamentos por meio da mídia social. 

Anteriormente, essa funcionalidade do aplicativo tinha sido interrompida pelo Bacen, que alegou que primeiro ele teria que avaliar os riscos em potencial em relação à privacidade de dados dos usuários. Desse modo, o órgão determinou que a Visa e o MasterCard suspendessem as atividades relacionadas à pagamentos e transferências pelo WhatsApp.

Enfim, após meses desde a suspensão, o Banco Central decidiu autorizar o funcionamento dessa ferramenta no aplicativo de mensagens. A intenção é que os custos com os serviços de pagamentos sejam reduzidos para os usuários. 

O que é WhatsApp Pay?

O WhatsApp Pay é um serviço do WhatsApp, que foi anunciado em junho de 2020. Para ser usado, não é preciso instalar novos aplicativos nos celulares Android e iPhone. Inicialmente, o projeto contava com suporte para cartões de débito e crédito com bandeiras Visa e Mastercard do Nubank, Banco do Brasil e Sicredi.

Pouco depois de ser lançado, o Banco Central suspendeu o uso do WhatsApp Pay e declarou que ele deveria ser analisado. O Brasil não foi o único país que o WhatsApp Pay teve dificuldades em se estabelecer. Na verdade, quando foi lançado na Índia ele também teve problemas com a regulação.

Transferências por WhatsApp - Autorização do Bacen e como funciona

Canaltech

Sendo assim, o Banco da Reserva da Índia (RBC), um órgão equivalente ao Banco Central do Brasil, informou que o programa de transferências do WhatsApp não se enquadrava nas regras das empresas de pagamentos.

 Dessa forma, o WhatsApp se comprometeu a cumprir as normas até, no máximo, maio de 2020. Consequentemente, em dezembro, ele foi oficialmente lançado na Índia e passou a atender mais de 20 milhões de usuários.

Autorização

Após meses suspenso, o Bacen autorizou o funcionamento da nova ferramenta. Portanto, em breve, a função de realizar pagamentos e transferências estará disponível para os usuários do WhatsApp.

Isso porque, após a autorização do Banco Central, as autoridades envolvidas no programa que possibilita a realização de transferências, já podem iniciar as operações visando a liberação da nova ferramenta.

Porém, a autorização do Bacen não inclui a liberação do funcionamento do Facebook Pay, que ainda está sendo analisado pelo Banco Central.

A liberação da nova funcionalidade do WhatsApp pelo Bacen ocorreu dentro do Open Banking, uma série de regras e tecnologias que permitem o compartilhamento de dados dos clientes entre instituições financeiras. O WhatsApp se enquadra na categoria de iniciador de pagamento (Pisp).

Transferências por WhatsApp - Autorização do Bacen e como funciona

Gobiz

Ao ser categorizado como iniciador de pagamento, o WhatsApp poderá realizar transações que não são exatamente no aplicativo. Além disso, a parceria entre a plataforma e a Visa e Mastercard estão autorizadas. No entanto, apenas a função de cartão de débito e transferência entre usuárias está liberada. Ou seja, a função de compra e venda ainda não foi liberada pelo Bacen.

Como funcionam as transferências por WhatsApp?

O aplicativo do WhatsApp continuará funcionando normalmente e não será preciso baixar nenhum outro aplicativo nos celulares do sistema operacional Android e iPhone. Contudo, para utilizar a nova ferramenta, será necessário registrar o cartão de débito ou crédito de uma empresa que seja parceira do Facebook Pay.

O WhatsApp Pay não cobra taxas pelas operações realizadas por pessoas físicas ou empresas. Entretanto, podem existir tarifas de utilização entre os bancos.

Portanto, entre amigos e familiares, é possível receber e enviar dinheiro. Sendo que entre pessoas físicas, é possível realizar transferências somente com cartão de débito. Esse tipo de transação será gratuita, porém, os bancos podem cobrar taxas.

Xda

É possível também realizar pagamento de serviços e produtos para empresas. No entanto, empresas que usam o WhatsApp Business terão uma taxa de processamento de 3,99% para receber os pagamentos dos clientes, já que esses pagamentos podem ser efetuados com cartão de crédito. 

Em relação à segurança de dados, é importante que os usuários estejam atentos aos cuidados necessários ao se utilizar serviços de pagamentos, como por exemplo: criar uma senha forte e não compartilhá-la com ninguém.

Essa senha é criada ao se registrar o cartão no aplicativo. Além disso, outras medidas de segurança são tomadas pela plataforma, como informar um código de segurança enviado para o aparelho.

Lembrando que o WhatsApp é uma das empresas pertencentes ao Facebook, sendo que o rosto da empresa é Mark Zuckerberg, quem é? Carreira, vida pessoal e criação do Facebook

Fontes: Tectudo, Infomoney, Techtudo e Mlabs

Imagens: Olhar digital, Gobiz, Canaltech e Xda

Conte-nos a sua opinião...