Quantas moedas o Brasil já teve? Padrões monetários dos Réis ao Real


A princípio, se perguntarmos quantas moedas o Brasil já teve ao longo de sua história até hoje podemos dizer que são 9.

Neste sentido, no período da colonização até os dias de hoje, o Brasil já teve: réis, várias modalidades de cruzeiro, cruzado, cruzado novo e real.

Neste artigo veremos o período e o cenário histórico de cada moeda brasileira. A propósito, é importante lembrar que o sistema monetário brasileiro começou com o escambo no período colonial. Ou seja, o mercado era a base da troca.

Réis – Brasil colônia até o governo de Getúlio Vargas

O Brasil colonial começou seu sistema financeiro pelo escambo. Ou seja, pelos meios de trocas de mercadorias.

No entanto, com o desenvolvimento da colonização, começaram a circular algumas moedas trazidas pelos estrangeiros.

Dentre as moedas que o Brasil já teve, o réis foi a primeira e era a moeda oficial também em Portugal.

Dessa forma, o nome réis está relacionado à palavra real, nomeado mais pelo seu uso no plural, reais, popularizado para réis.

Com a independência do Brasil e a proclamação da república, esta primeira moeda continuou a vigorar. Entretanto, as gravuras das cédulas e moedas se modificaram.

Cruzeiro: A segunda dentre as moedas do Brasil

A utilização do cruzeiro começou em 1942, durante o Estado Novo, com a intenção de uniformizar o dinheiro em circulação.

Porém, o valor em relação aos réis se modificou. Sendo assim, um cruzeiro equivalia a mil réis. A propósito, é importante lembrar que antes do cruzeiro havia 56 tipos diferentes de cédulas circulando no Brasil.

Entretanto, no começo da utilização do cruzeiro como moeda oficial circularam as notas de 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1000.

Posteriormente, foram criadas as notas de 1 e 2 na intenção de substituir as moedas. Esta mudança deve-se ao fato da falta de recursos do governo.

Vale lembrar que o cruzeiro foi a primeira nota impressa no Brasil, sendo as anteriores impressas na Europa e Estados Unidos da América (EUA).

Cruzeiro novo: dentre as demais moedas, a primeira de transição

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

Com a utilização do cruzeiro de 1961, houve uma alta muito grande da inflação, resultando no aparecimento das notas de Cr$ 5000 e Cr$10, 000.

Em 13 de fevereiro de 1967, o cruzeiro foi substituído pelo cruzeiro novo (NCr$) devido ao aumento da inflação. Desse modo, o cruzeiro novo equivalia a mil cruzeiros antigos. Esta nova moeda durou até 1970.

Com a inflação atingindo o país, mais uma vez o Cruzeiro foi abalado, o que levou o governo a criar o Cruzeiro Novo (uma moeda temporária onde que cada 1 NCr$ valeria exatamente Cr $1.000 (Cruzeiro antigo).

Contudo, é importante lembrar que isso foi uma alternativa para a impressão de novas cédulas de cruzeiro carimbadas com novos valores.

Cruzeiro

Depois de três anos de cruzeiro novo, a moeda voltou a se chamar de cruzeiro. No entanto, na nova modalidade, o cruzeiro passou a valer exatamente 1 cruzeiro novo.

Sendo assim, esta nova reaparição do cruzeiro durou 16 anos. Na década de 80, a inflação começou a crescer. Portanto, por causa da nova grande alta da inflação, o cruzeiro foi derrotado dando lugar ao cruzado.

Cruzado

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

Esta nova moeda nasceu com o plano cruzado, instaurado pelo então presidente José Sarney e sua equipe econômica.

A propósito, o objetivo principal do plano era recuperar o poder aquisitivo da população derrotando a inflação.

Nos primeiros passos do plano, as cédulas de cruzeiro foram carimbadas com novos valores em cruzados. Assim, 1 cruzado passou a equivaler mil cruzeiros.

No entanto, estas mudanças não conseguiram vencer a inflação, obrigando o governo a fazer uma nova reforma.

Cruzado novo

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

O cruzado novo surgiu no governo Sarney, na tentativa de deter o avanço da inflação. Neste sentido, em 16 de janeiro de 1989, surgiu esta nova moeda com novos valores.

Assim, mil cruzados passaram a valer 1 cruzado-novo – Cz$ 1000 = NCz$ 1. Em síntese, recorre-se a novos cortes de zeros para corrigir a inflação.

Entretanto, o processo desta reforma foi carimbar as antigas notas de cruzado com novo valor. Posteriormente, foram fabricadas as novas cédulas.

Cruzeiros

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

O plano cruzado não deu certo no combate à inflação e nem o padrão de cortes de zeros. Dessa forma, em 16 de março de 1990, a moeda cruzeiro retornou, sendo que cada unidade correspondia a um cruzado novo.

Contudo, a troca da moeda correspondia a mais um plano monetário, o Plano Collor, no governo de Fernando Collor de Mello, que prevaleceu de 1990 a 1992.

Este plano foi acompanhado com o bloqueio aos recursos da poupança dos brasileiros.

Cruzeiro real

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

O cruzeiro real é instituído após o plano de governo Collor pelo governo do presidente Fernando Henrique. Esta nova moeda vigorou de 1993 a 1994.

Esta moeda fez parte da instauração da unidade real de valor (URV). Em síntese, o valor da nova moeda ficou de mil cruzeiros para cada cruzeiro real.

Real – A mais atual entre a moedas do Brasil

Quantas moedas o Brasil já teve? História, inflação e denominações

Por fim, a moeda real nasceu junto com a conclusão do Plano Real, que tinha o objetivo de controle da hiperinflação.

Entretanto, a conversão transformou cada unidade de real equivalente a 2750 cruzeiros reais.

A propósito é importante ressaltar que esta taxa de câmbio ficou diferenciada dos planos e reformas anteriores. Enfim, esta foi a história de quantas moedas o Brasil já teve.

Curiosidades

Algumas curiosidades que podem te interessar são:

1- Quais são as moedas que o Brasil já teve?

As moedas que o Brasil já teve foram: Réis, Cruzeiro, Cruzeiro novo, Cruzeiro, Cruzado, Cruzado novo, Cruzeiro, Cruzeiro real e Real.

2- Qual é a moeda antes do real?

A moeda antes do real foi o cruzeiro real. Em resumo, ele foi instituído depois do plano de governo Collor pelo governo do presidente Fernando Henrique. Sendo que esta moeda vigorou de 1993 a 1994.

3- De quem é a cara da moeda de 1 real?

Nas moedas de 1 real está a Efígie da República. Trata-se da personificação do regime republicano.

4- Qual foi a moeda que mais durou no Brasil?

O réis, a primeira moeda a circular no Brasil, foi a que ficou mais tempo em circulação. No total, foram 139 anos.

5- Quais foram as dez moedas mais utilizadas no Brasil?

Por fim, o Brasil já teve as seguintes moedas: Réis, Cruzeiro, Cruzeiro novo, Cruzeiro, Cruzado, Cruzado novo, Cruzeiro, Cruzeiro real e Real.

LEIA MAIS

Padrão monetário o que é? História e moedas brasileiras

Casa da Moeda do Brasil, o que é? História e ligação com o Banco Central

Qual é a moeda menos valorizada do mundo?

Conheça as 10 moedas mais valorizadas no mundo

Moeda única na América Latina – Peso Real faz sentido?

Saiba o que significa a desvalorização de uma moeda

História da economia e das moedas do Brasil

Conte-nos a sua opinião...