Banco do Brasil em alta – é hora de comprar? 


As ações do Banco do Brasil (BBAS3) subiram mais de 30% somente neste ano. Com isso, muitos investidores tem se perguntado se chegou a hora de comprar ações do maior banco público do país.

Antes de tudo, devo reforçar que eu, pessoalmente, não gosto de investir em empresas controladas pelo governo.

Mas isso é coisa minha, pessoal mesmo. Não significa que não haja ótimas companhias estatais performando muito bem no mercado.

Dito isto, vamos à realidade. O Banco do Brasil é, sim, uma empresa que está sendo negociada com preços atrativos na Bolsa de Valores.

Aliás, eu venho batendo nessa tecla há vários meses. Na penúltima vez, já no fim de abril, eu cheguei a colocar o BB num ranking de 3 ações muito baratas da Bolsa.

Por último, voltei a falar do Banco do Brasil depois do resultado extraordinário do 1º trimestre deste ano.

Lucro recorde do Banco do Brasil

O resultado trimestral do BB fez muita gente ficar de cabelo em pé. O banco bateu o recorde trimestral ao lucrar R$ 6,6 bilhões de janeiro a março de 2022.

O resultado ficou R$ 1 bilhão acima do projetado pelo mercado. Foi realmente muito expressivo.

Entretanto, resultados pontuais não mexem com a cabeça do investidor de longo prazo. O que queremos, de fato, é que a empresa “faça sentido” o tempo todo.

Afinal, a ideia do buy and hold é a de segurar boas companhias até que o cabelo fique bem branquinho – ou caia todo, se for o caso.

Ou seja, a gente compra a ação com o objetivo de se tornar sócio da empresa. É segurar a mãozinha e não largar mais.

Então, deixando minhas preferências pessoais de lado, será que ainda é hora de comprar ações do Banco do Brasil?

Antes de responder à pergunta, vale reforçar: isto aqui não é uma recomendação de investimento!

Cada um é responsável pelas próprias escolhas e deve manter uma estratégia coerente de investimentos. Sem, portanto, aceitar qualquer influência de quem quer que seja.

Banco do Brasil: 3 fatores relevantes

Quem investe no setor financeiro, seja em bancos públicos ou privados, geralmente se atenta a 3 aspectos principais. O primeiro é a segurança.

Neste quesito, o Banco do Brasil consegue uma avaliação consistente. Fundada por Dom João VI, 1808, a instituição tem mais de 200 anos.

Além disso, o BB soma 116 anos de Bolsa de Valores – o IPO veio em 1906. Também é o banco com o maior número de correntistas do país, com 77 milhões de clientes.

Outro ponto a observar é que, por ter uma relação direta com o Governo Federal, o banco tem a vantagem de, em algum momento, poder ser “salvo” pelo Estado.

Então, neste contexto, estar constituído como sociedade de economia mista pode ser algo positivo.

Logo, podemos considerar que o banco é bastante estável e se sai bem no quesito segurança.

Banco do Brasil: o preço

O segundo fator importante para quem investe em bancos públicos é o preço.

Banco do Brasil em alta – é hora de comprar? 

Se, de um lado, o controle governamental pode impedir que um banco quebre, de outro, a presença do Estado sempre deixa a gente de orelha em pé.

Afinal, o banco pode, a qualquer momento, ser impactado negativamente por interferências políticas.

Isso tem o potencial de afetar a governança corporativa do banco, comprometer os lucros e frear sua inovação, por exemplo.

Todos estes temores acabam por “achatar” o preço dos bancos públicos, na comparação com os privados.

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

E, para o investidor, isso pode representar uma boa oportunidade de compra.

Banco do Brasil: estabilidade e lucratividade

O terceiro fator importante, para saber se chegou a hora de comprar ações do Banco do Brasil, diz respeito à estabilidade e lucratividade.

O investidor que mira os bancos públicos costuma estar atento, também, a estes dois aspectos.

Ocorre que o Banco do Brasil vem apresentando lucros, consecutivamente, há nada menos que 26 anos.

Em toda a sua história, a instituição registrou lucro em 92% dos resultados anuais.

Logo, podemos concluir que o banco é, de fato, estável e lucrativo.

BB ou bancos privados – qual é melhor?

As ações do Banco do Brasil podem ser consideradas um investimento seguro, lucrativo e com preço relativamente bom.

Mas, podemos cravar que o BB é melhor que os bancos privados?

Na verdade, falando de forma qualitativa e prática, eu diria que não.

As empresas privadas, mesmo as do setor financeiro, tendem a ter mais qualidade quando analisadas como um todo.

Além disso, estas empresas respondem muito mais rápido às mudanças do mercado. E, portanto, em tese, elas se abrem com mais facilidade à tecnologia e à inovação.

Por outro lado, não podemos negar que o fator “preço” acaba sendo um diferencial de peso a favor do BB.

No vídeo abaixo, que publiquei no canal Investidor Sardinha, você confere uma comparação mais detalhada entre o Banco do Brasil e os concorrentes privados Bradesco, Santander e Itaú.

A comparação, que considera indicadores como a evolução de Receita, o ROE (Retorno sobre o Patrimônio), a margem líquida e relação preço/patrimônio líquido (P/VP), foi feita no site do Investidor 10.

Vale a pena comprar ações do Banco do Brasil?

Depois de fazer uma análise um pouco mais aprofundada sobre os pontos positivos e negativos, podemos, enfim, responder à pergunta:

É hora de comprar ações do Banco do Brasil? Os preços ainda estão atrativos?

Na minha opinião, sim! Seria um ótimo negócio, hoje, investir em ações do BB.

No preço atual – na casa dos R$ 37 – e com P/VP de 0,82 podemos dizer que as ações ainda estão sendo negociadas com um baita desconto.

Apesar disso, eu não tenho e nem vou colocar BBAS3 no meu carrinho.

Como minha mentalidade é a de comprar ações para virar sócio mesmo, prefiro a máxima de Warren Buffett:

“É melhor comprar uma empresa maravilhosa por um preço justo do que uma empresa justa por um preço maravilhoso”.

Cabe a você, portanto, tomar a melhor decisão. Afinal, só você conhece suas verdades e é dono da sua própria estratégia de investimentos.

Então, é isso. Gostou do conteúdo? Já aproveite e faça parte da nossa comunidade no Instagram (@oraulsena) pra ficar sempre por dentro dos investimentos e da Bolsa de Valores.

Não deixe de conferir, também: Saiba como montar a carteira de investimentos mais segura do mundo.

Conte-nos a sua opinião...