Silvio Santos: a história do dono do SBT [e como ele quebrou um banco]


Senor Abravanel, mais conhecido pelo nome artístico Silvio Santos, nasceu no dia 12 de dezembro de 1930. Silvio Santos é um dos comunicadores e empresários mais conhecidos do país.

Sendo que ele tem várias empresas bem conhecidas. Uma das mais famosas é a emissora de televisão SBT e a empresa de cosméticos Jequiti.

Além disso, Silvio Santos também foi dono do Banco PanAmericano. Mas depois de vários problemas envolvendo fraudes no banco, ele foi vendido para o BTG Pactual.

Vale destacar que Silvio Santos não estava envolvidos na fraude envolvendo o banco. Apesar disso, ele assumiu a frente e resolveu todos os problemas envolvendo o banco.

Enfim, em seus mais de 60 anos como apresentador de televisão e à frente de vários negócios de sucesso, Silvio Santos já recebeu diversos prêmios como, por exemplo, o Troféu Imprensa.

Carreira de Silvio Santos

A carreia de Silvio Santos teve início como camelô, no Rio de Janeiro capital. Por causa da sua voz, ele foi convidado para ser locutor.

No entanto, ele ficou pouco tempo no ar, já que como camelô ele ganhava mais.

Uma curiosidade é que Silvio Santos mudou o nome ainda jovem, quando deu início a sua carreira na rádio. Na época, a sua mãe tinha dificuldades em falar “Senor” e o chamava apenas de Silvio.

Além disso, ele adotou o sobrenome “Santos” para poder participar de um programa de calouros. Pois, se usasse o sobrenome “Abravanel” saberiam que ele já tinha tentado antes e não lhe ouviriam.

Sendo assim, ficou o nome artístico Silvio Santos.

Posteriormente, em 1958 Silvio Santos comprou o Baú da Felicidade, que pertencia ao radialista Manoel de Nóbrega. Este foi o começo do Grupo Silvio Santos.

A primeira vez que Silvio Santos apareceu na televisão foi em 1961, na TV Paulista. Na época, ele fazia parte do game “Vamos Brincar de Forca”. Sendo que ele aproveitava o programa para divulgar o Baú da felicidade.

1- Baú da felicidade

Quando Silvio Santos comprou o Baú da felicidade, ele funciona da seguinte forma: o cliente pagava carnês mensais e, no final do ano, ele recebia uma caixa de brinquedos. 

Silvio Santos manteve o sistema dos carnês do Baú, contudo ele decidiu expandir o negócio.

Para isso, ele criou lojas próprias onde o cliente podia trocar o valor pago por vários tipos de produtos como, por exemplo, eletrodomésticos.

Com o sucesso do Baú da felicidade, a gama de produtos oferecidos se expandiu e passou a englobar, por exemplo, casas e carros.

Sendo que, para dar conta de tudo, a empresa comprou alguns empreendimentos com uma construtora e uma concessionária.

Além disso, para aplicar o dinheiro obtido com os carnês, criou o Baú Financeira, que foi o embrião do banco PanAmericano.

Posteriormente, ele incrementou o braço financeiro do grupo por meio da Liderança da Capitalização, a responsável por comercializar a Tele Sena.

2- SBT

Como apresentador de televisão, Silvio Santos chegou a apresentar atrações na rede Globo. Contudo, ele saiu pois não conseguiu ser acionista do grupo.

Desse modo, ele foi para a TV Tupi e Record, sendo que ele chegou a ser dono de 50% das ações da emissora de São Paulo.

em 1981 Silvio Santos conseguiu a sua própria emissora: o SBT – Sistema Brasileiro de Televisão. Com o passar do tempo, o STB se tornou a 3º maior rede de televisão brasileira.

Atualmente, o SBT conta com 8 emissoras de TV próprias com sedes em São Paulo, Jaú, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Nova Friburgo, Brasília, Porto Alegre e Belém. 

como Silvio Santos quebrou um banco

Além disso, ele possui sociedade com a Rede Massa (40%), TV Sorocaba (20%), SBT Interior (40%), TV Alterosa Leste (administrada pela Rede Alterosa) e conta com 94 emissoras afiliadas. Além desses, o SBT possui ainda:

1- SBT Filmes

É um estúdio cinematográfico criado em 2005 em Nova Iorque, em parceria da Warner Bros. Pictures. Sendo que o primeiro filme de longa-metragem produzido pela produtora foi o Coisa de Mulher (2005).

O SBT Filmes lançou ainda Carrossel: O Filme (2015), Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina (2016) e Meus 15 Anos: O Filme (2017).

2- SBT Music

É uma gravadora fundada em agosto de 1999 pelo SBT em parceria com a EMI (atual Universal Music) e a Warner Music.

Em resumo, o SBT Music lança CDs das telenovelas do SBT como Carrossel, Chiquititas, Patrulha Salvadora e Cúmplices de um Resgate.

3- SBT Vídeos

É um serviço de streaming de vídeos sob demanda do SBT.

4- SBT Licensing

É uma licenciadora de marcas do Grupo Silvio Santos. Sendo assim, ela detém marcas como a Supernanny e Show do Milhão.

5- SBT Store

É uma loja virtual, com parceria com marcas como: Submarino, Lojas Americanas, Hipercard, MasterCard, Visa Electron e Ponto Frio.

6- SBT News

É o portal de notícias do SBT.

7- SBT Sports

É o site Esportivo do SBT.

como Silvio Santos quebrou um banco

3- Outras empresas

Além das empresas do grupo SBT, Silvio Santos é dono das seguintes empresas: 

1- Liderança capitalização

É uma empresa responsável pela emissão de títulos de capitalização.

2- TV Alphaville

É uma companhia que oferece planos de TV por assinatura somente para as pessoas que moram no Alphaville.

3- Hotel Jequitimar

É um hotel em Guarujá, gerido por uma das maiores redes de hotéis do mundo, a rede Accor.

4- Jequiti Cosméticos

É uma empresa de cosméticos.

5- SiSAN Empreendimentos Imobiliários

É a responsável por controlar todos os imóveis do grupo.

6- Maricultura Netuno e Frutivita

É uma exportadora de lagostas, camarões e uvas.

7- Simba Content

É uma empresa programadora de televisão por assinatura criada a partir de uma joint venture formada entre as redes RecordTV, RedeTV! e SBT para distribuírem os seus sinais entres as operadoras de TV paga.

Como você deve ter percebido pela quantidade de empresas que o Grupo Silvio Santos possui, o Silvio Santos é um grande empresário.

Desse modo, apesar de ter cometido erros que ocasionou a quebra de um banco, ele deu a volta por cima.

Como Silvio Santos quebrou um banco?

O Banco PanAmericano tinha como sócios a Caixa e o Grupo Silvio Santos. Sendo que o Grupo Silvio Santos era o controlador do banco.

O problema é que este banco começou a praticar diversos atos considerados crimes.

como Silvio Santos quebrou um banco

Vale destacar que o Grupo Silvio Santos era o controlador do banco, mas o empresário Silvio Santos não estava diretamente envolvido nas operações do banco.

Entretanto, como empreendedor, ele era sim o responsável pelo banco, já que ele fundou a instituição financeira e definiu quem faria parte da equipe.

1- A fraude

A fraude do banco aconteceu da seguinte maneira: existe uma coisa chamada venda de carteira.

Em síntese, o banco fazia empréstimos diariamente, depois empacotava esses financiamentos e passava essa carteira para outro grande banco.

Depois que outro banco comprava a carteira, o correto seria o PanAmericano dar baixa no valor da carteira vendida.

Isso porque esse valor compõe a estrutura de patrimônio do banco. Sendo assim, se ele não pertence mais ao banco, então é preciso dar baixa do valor. Contudo, o PanAmericano vendia a carteira e não dava baixa do valor.

Dessa forma, o patrimônio do banco ficava inflado, o que dava a sensação de que o banco era muito maior do que ele realmente era. Fazer o que o PanAmericano estava fazendo é muito perigoso.

Isso porque o estabelecimento dos limites de quanto um banco pode emprestar, depende do Banco Central do Brasil (Bacen) ter um controle de quanto dinheiro o banco tem de patrimônio.

Nesse cenário, o banco passou a ter uma carteira de crédito crescente e os diretores recebiam muito bem.

Enquanto isso, o banco tinha patrimônio negativo, mas contabilizava o seu patrimônio como 1.6 bilhões. No fim das contas, foi uma fraude de 2.5 bilhões de reais.

Na época, o Banco Central desconfiou que havia alguma coisa errada e começou a investigar o PanAmericano.

Além de investigar o banco em si, o próprio Silvio Santos foi alvo de investigações. Entretanto, descobriu-se que ele não tinha nenhum envolvimento com a fraude.

2- Crise e recuperação

Mesmo que Silvio Santos não tivesse nenhum envolvimento com a fraude do PanAmericano, ele colocou todo o seu patrimônio à disposição.

Ou seja, ele podia ter tirado o corpo fora, mas ao invés disso ele agiu como um verdadeiro líder.

Silvio Santos então negociou com o Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que devolve para o cliente até R$ 250 mil por CPF e instituição, em caso de falência.

Além disso, ele teve que tirar do banco todas as pessoas envolvidas com a fraude e fazer a gestão da empresa. Como a imagem do banco estava muito prejudicada, eles mudaram o nome para Banco Pan.

Depois disso, o banco foi vendido para o BTG Pactual por R$ 450 milhões. O Silvio Santos não ficou com nenhuma parte desse dinheiro, ele quis apenas se livrar do banco para que ele pudesse manter as demais empresas.

O Silvio Santos foi considerado totalmente honesto e sem nenhum envolvimento com a fraude. Na época, as pessoas punidas pela justiça foram:

1- Luiz Sandoval

Ex-presidente do conselho de administração do banco. Foi condenado a 6 anos e 6 meses de reclusão em regime semi-aberto.

2- Rafael Palladino

Ex-diretor-superintendente. Condenado a 8 anos e 6 meses de reclusão e, regime inicial fechado.

3- Wilson Aro

Ex-diretor presidente financeiro, condenado a 12 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado.

4- Marco Antônio Pereira da Silva

Ex-chefe da contabilidade. Foi condenado a 2 anos de reclusão, em regime inicial aberto.

5- Cláudio Baracr Sauda

Ex-gerente de controladoria, condenado a 5 anos de reclusão, em regime inicial semi-aberto.

6- Adalberto Savioli

Ex-diretor de crédito, condenado a 6 anos e 6 meses de prisão em regime inicial semi-aberto.

7- Luiz Augusto Teixeira de Carvalho Bruno

Ex-diretor jurídico, condenado a 2 anos de prisão, em regime inicial aberto.

3- Investidores

O PanAmericano estava aberto na bolsa de valores e durante a crise as ações custavam R$ 1,52.

No entanto, depois que ele foi comprado pelo BTG, as ações se valorizaram e hoje estão cotadas em R$ 17,17. Isso representa uma valorização de 1. 232%. Confira:

Ou seja, durante um tempo as ações do PanAmericano estavam bem baratas.

Mas os investidores buy and hold que mantiveram as ações durante os anos de recuperação da empresa, puderam obter uma boa valorização, depois que o BTG conseguiu colocar o banco nos eixos.

Fortuna e patrimônio do Silvio Santos

O que o Silvio Santos fez para ficar rico administrar diversas empresas de sucesso.

Entretanto, com todos os problemas que Silvio Santos teve com o Banco PanAmericano, ele acabou perdendo uma parte considerável do seu patrimônio.

Para você ter uma ideia, em 2013 ele entrou na lista da Forbes das pessoas mais ricas do Brasil com um patrimônio de cerca de R$ 2,67 bilhões.

No entanto, no ano de 2020 a sua fortuna tinha sido reduzida para R$ 1,9 bilhão. Isso significa que o seu patrimônio tornou-se quase 1/3 menor em um período de 7 anos.

Vida pessoal e prêmios

Entre os anos de 1962 e 1977, Silvio Santos foi casado com Maria Aparecida Vieira Abravanel. Juntos, eles tiveram 2 filhas.

No entanto, sua esposa faleceu e em 1978 ele se casou com Íris Abravanel. Com a segunda esposa, Silvio Santos teve mais 4 filhas.

Depois de 2 anos do início da Rede SBT, Silvio Santos entrou para o Guinness Book, o livro dos recordes. Sendo que ele foi premiado na categoria de “o programa mais duradouro da televisão brasileira”.

Durante a sua carreira, Silvio Santos foi agraciado com diversos prêmios como apresentador e como empresário.

Por exemplo, de 2000 a 2009, ele ganhou o prêmio “Melhor Líder Empresarial Setorial” da Assembleia Legislativa de São Paulo.

Além disso, entre 1964 e 1971 e de 1975 a 2017 Silvio Santos ganhou o Troféu Imprensa, como “Melhor Animador”. Ele também ganhou o Troféu Internet dos anos 2002 a 2017.

No ano de 1960 ele ganhou o Troféu Roquette Pinto, como Melhor Locutor Comercial, Melhor Apresentador (1961 a 1968) e personalidade artística (1969).

Enfim, para entender mais sobre a fraude que quase resultou na quebra do Silvio Santos e como ele deu a volta por cima, assista ao vídeo de Raul Sena, o Investidor Sardinha:

LEIA MAIS

Luiza Helena Trajano: A Empresária que Transformou a Magazine Luiza

Lara Brenner: biografia e criação do Expressando Direito

Raul Sena, quem é? Vida, carreira e como investe o Investidor Sardinha

Jose Carlos Semenzato, quem é? Biografia do presidente da SMZTO

Larry Page, quem é? Biografia, carreira e fundação do Google

Daniel Goldberg: quem é e trajetória

Fonte: Roteiro de Raul Sena, Suno e, por fim, Segredos do Mundo.

Conte-nos a sua opinião...