Balança comercial, o que é? Definição, principais tipos e como calcular


A balança comercial é a junção das contas de exportação e importação de um país. Portanto, subtraindo-se o volume de exportações do total de importações temos o saldo da balança comercial. 

Em resumo, se o resultado da balança comercial for positivo, temos uma situação de superávit. Por outro lado, se o resultado for negativo, então, a situação é chamada de déficit. 

Enfim, a balança comercial serve como um indicador da situação econômica do país. Dessa maneira, entender a balança comercial brasileira é importante antes de investir na B3, afinal a situação econômica impacta diretamente nos resultados dos investimentos. 

importações e exportações

Infoescola

O que é balança comercial

A balança comercial é um termo econômico utilizado para falar da relação entre as importações e as exportações de um país.

Dessa forma, quando o país exporta mais do que importa, ele está com a balança comercial favorável. Por outro lado, se o país importa mais do que exporta, ele está com a balança comercial negativa, ou desfavorável. 

Em resumo, a balança comercial surgiu no século XV, relacionada com os estados básicos: superávit, déficit ou equilibrada. Sendo assim, a balança é a relação entre a compra de mercadorias do exterior por pessoas físicas ou jurídicas.

importações e exportações

LMX Logística

No Brasil é publicado semanalmente ou mensalmente, pelo Ministério da Indústria Comércio Exterior e Serviços (MDIC), as informações decorrentes da balança comercial brasileira.

Além disso, também é disponibilizada a consulta da situação dos estados e municípios. Neste caso, o PIB é diretamente afetado pela balança comercial. PIB significa Produto Interno Bruto, sendo que ele se refere a tudo o que é produzido e comercializado no Brasil.

O PIB pode ser dividido em: gastos do governo, consumo das famílias, saldo das transações com o exterior e investimentos privados. Em resumo, quando as exportações de um país aumentam, o PIB também aumenta e o oposto também ocorre, se o país exporta menos, o PIB baixa. 

Como funciona

Os países trocam mercadorias entre si. Portanto, quando ocorre a entrada de mercadorias de outro país dentro do Brasil, significa que houve uma importação. Já o contrário, quando as mercadorias do Brasil vão para outros países, representa uma exportação.

O resultado entre as exportações e as importações mostra a situação da balança comercial brasileira. 

O cálculo para determinar como a balança comercial está é simples. Basta pegar o valor de exportações e importações do período que se deseja analisar. Dessa forma, subtrai-se o valor das exportações pelas importações, a equação é a seguinte:

Exportações – Importações = Saldo da balança comercial 

Balança comercial - importações e exportações

A folha torres

Por fim, além de mostrar se a balança comercial está com déficit, superávit ou equilibrada, a subtração entre exportações e importações mostra, também, qual a taxa de cobertura do país.

Desse modo, a taxa de cobertura aponta o quanto das importações são pagas pelas exportações do país. Ou seja, a taxa comercial mostra qual a dependência ou independência comercial de um país.

A taxa de cobertura pode ser calculada em porcentagem da seguinte maneira:

(Exportações / importações) x 100% = Taxa de cobertura

Tipos de balança comercial

Com o cálculo da subtração entre exportações e importações, podemos ter três tipos de balança comercial diferentes:

Déficit: O déficit é quando determinado país importa mais do que exporta em certo período. Em outras palavras, o país comprou mais mercadorias do exterior do que vendeu as suas para outros países, resultando em saldo negativo, ou seja déficit. 

A crítica

Superávit: O superávit é oposto do déficit. Isso porque, ele ocorre quando um país exporta mais do que importa mercadorias. Portanto, quando o saldo da balança comercial está positivo, há superávit, já que mais dinheiro entrou do que saiu do país. 

Equilíbrio comercial: Enfim, caso o número de importações seja equivalente ao número de exportações, temos o chamado equilíbrio da balança comercial. 

Fatores que influenciam a balança comercial

Diversos fatores podem influenciar direito ou indiretamente o número de importações ou exportações que um país realiza. Portanto, os principais fatores que influenciam é:

Taxa de câmbio: A taxa de câmbio se refere à situação em que a moeda de determinado país vale mais, ou tem a mesma validade, do que a moeda estrangeira. Como resultado, os produtos importados ficam mais baratos no mercado internacional;

Termos de troca: Os termos de troca são, basicamente, as taxas que o país coloca em cima dos produtos, os tornando menos atrativos; 

Crise: Se algum país entra em crise, o seu nível de consumo diminui o que pode afetar a quantidade de importação. Portanto, tanto o país em crise, quanto os países que fazem negócios com esse país, podem ter sua balança comercial afetada;

Crédito ou débito

Nível de renda da economia: Esse indicador se refere à capacidade do país de produzir e disponibilizar bens de consumo no mercado;

Nível de renda do resto do mundo: Se refere ao momento econômico vivenciado pelo mundo todo. Em outras palavras, é quando todos os países estão vivendo um bom momento em suas economias e, por isso, as importações crescem e os países também;

Protecionismo: O protecionismo ocorre quando um país, visando estimular os produtores nacionais, decide fazer uma série de restrições às importações. Dessa forma, fica mais atrativo consumir produtos nacionais do que internacionais, o que afeta diretamente os países que exportavam para aquela nação.

Agora que você conhece o que é balança comercial, e como ele impacta o mercado e, consequentemente, as empresas, entenda também sobre Reserva de Emergência – O que é, como começar e onde investir

Fontes: Toro radar, Educa mais Brasil, Mais retorno  Faz comex

Imagens: Infoescola, Projeção fac, LMX Logística, A folha torres, A crítica Crédito ou débito

Conte-nos a sua opinião...