Vantagens competitivas: o que são e como identificar

18 de junho de 2021 - por Jaíne Jehniffer


As vantagens competitivas são os diferenciais de mercado que uma companhia possui sobre seus concorrentes. Sendo que, esses diferenciais podem ser determinantes para a valorização ou desvalorização dos ativos da empresa.

Inclusive, se uma companhia possuir muitas vantagens competitivas, ela pode até mesmo aumentar os preços dos seus produtos, e consequentemente os lucros, sem perder sua parcela de participação no mercado.

Por isso, ao investir é essencial que o investidor analise os diferenciais competitivos da empresa na busca por aquelas que, de acordo com Warren Buffett, possuem um fosso econômico. Isto é, que possuem vantagens competitivas tão fortes que os concorrentes não conseguem disputar.

O que são vantagens competitivas?

As vantagens competitivas são os diferenciais de mercado que uma empresa possui em comparação com os seus concorrentes. Essas vantagens estão normalmente relacionadas a um preço melhor ou uma diferenciação no produto ou serviço oferecido. De maneira geral, os pontos que podem representar as vantagens competitivas das empresas são:

  • Qualidade profissional;
  • Acesso a recursos naturais;
  • Localização geográfica;
  • Acesso à tecnologia e informação;
  • Barreiras de entrada no mercado.
Vantagens competitivas: O que são e como identificar

Jivochat

Uma vantagem competitiva que começou a ser explorada nos últimos anos é o valor da marca agregado a produtos e serviços. Sendo assim, as marcas passaram a ser vistas na luta por causas ambientais e sociais.

Por exemplo, as companhias que usam materiais recicláveis e promovem projetos sociais, podem ser vistas tomando posições públicas em relação às lutas das minorias. A consequência disso, é a valorização das ações dessas empresas e o aumento da sua parcela de domínio no mercado.

As forças competitivas

Existem maneiras diferentes de determinar se as empresas possuem ou não vantagens competitivas em relação aos seus concorrentes. De acordo com o professor de Harvard Bussiness School, Michael Porter, existem cinco forças tradicionais que indicam se a companhia tem vantagem competitiva:

1- Ameaça de novos concorrentes

Os novos concorrentes de um segmento podem ter uma vantagem competitiva em relação ao preço ofertado. A entrada de novas companhias em determinado segmento, pode ser um sinal de que o mercado está crescendo com a possível aumento dos investimentos na produção e implantação de novas tecnologias de produção.

Vantagens competitivas: O que são e como identificar

Ibc coaching

Dessa maneira, o custo de manufatura dos novos concorrentes é menor e a tendência é que o preço de venda também seja reduzido.

2- Poder de negociação com os fornecedores

Por vezes os fornecedores têm maior capacidade financeira do que os produtores. Dessa forma, o poder de negociação do fornecedor é maior e as manufaturas não conseguem aumentar a margem de lucro através da negociação de custos, já que eles ficam presos a fornecedores únicos.

3- Produtos substitutos

Com o constante desenvolvimento tecnológico, a cada dia surgem mais produtos que servem como substitutos para as marcas que antigamente eram dominantes.

Em outras palavras, com o desenvolvimento tecnológico e o surgimento de novos produtos de boa qualidade, as empresas que antigamente dominavam o mercado como marcas únicas, podem ser ameaçadas se não souberem se adaptar às novas tendências.

Vantagens competitivas: O que são e como identificar

Softline group

4- Poder de negociação dos consumidores

Esse é o poder contrário ao poder de negociação dos fornecedores. Sendo assim, se determinada companhia representa uma quantia significativa das vendas dos fornecedores, ela possui um poder maior de negociação na compra e pode até mesmo conseguir negociar preços e prazos com maior facilidade e ter margens de lucros mais vantajosas.

Por outro lado, a empresa pode ter uma parcela maior do mercado e aproveitar disso para oferecer produtos com preços mais baixos para os consumidores.

5- Rivalidade entre os concorrentes

Por fim, a última dentre as cinco forças tradicionais que indicam se a companhia tem vantagens competitivas são as atitudes tomadas entre os concorrentes, como por exemplo o oferecimento de garantias estendidas, serviços de entrega e opções de parcelamentos. Além disso, as empresas investem mais em publicidade e estudos de marketing para que possam analisar o mercado.

Neil patel

Como identificar as vantagens competitivas

As vantagens competitivas podem proporcionar uma valorização dos ativos da empresa. Apesar de ser muito benéfico uma empresa ter diferenciais competitivos, são poucas as empresas que possuem essa característica. Isso porque, as empresas geralmente vivem uma disputa acirrada com as concorrentes.

Desse modo, uma empresa com retorno superior pode ser impactada pelas atitudes dos concorrentes do setor e passar a ter uma lucratividade dentro da média do mercado.

Enfim, devido aos benefícios que uma empresa pode usufruir caso ela tenha vantagens competitivas, é muito importante que o investidor analise quais são os diferenciais de uma empresa antes de adquirir seus papéis. Warren Buffett, um dos maiores investidores do mundo, utiliza alguns parâmetros para realizar essa análise, entre eles:

1- Alto retorno sobre o patrimônio líquido

O alto retorno sobre o patrimônio líquido é importante pois seria difícil uma empresa manter esses retornos se ela não tivesse uma vantagem competitiva. Em outras palavras, sem um diferencial competitivo que possibilite o retorno elevado sobre o patrimônio líquido, a empresa não conseguiria se manter, já que os novos participantes do mercado iriam competir por esse retorno.

Administradores

2- Margens elevadas é um indicador de vantagens competitivas

A margem elevada é um importante indicador de uma empresa com vantagem competitiva, pois essa companhia possui certa liberdade para oferecer produtos e serviços com preços acima da média do mercado ou ainda para ter custos abaixo das companhias concorrentes.

Portanto, a empresa pode operar quase como um monopólio pois ela oferece produtos ou serviços exclusivos que possibilitam a cobrança de preços mais elevados. Um exemplo disso é a Gilette e a Coca-Cola. Sendo que, para Warren Buffett, as margens brutas acima de 40% são um bom indicador de vantagem competitiva. 

Em contrapartida, as margens baixas podem ser um indicativo de que o setor é muito competitivo e não possui barreiras para a entrada de novas empresas ou que nenhuma das companhias presentes é uma marca representativa.

Um exemplo disso são as empresas de varejo, que atuam em um cenário tão competitivo que possuem poucas vantagens competitivas para atrair os clientes, tendo que recorrer a ofertas e promoções.

Assespro

3- Lucros consistentes

Ao analisar as vantagens competitivas de uma empresa, Warren Buffett gosta de verificar também a consistência nos lucros das empresas, já que apresentar lucros todos os anos, de preferência de maneira crescente, é um bom indicador do futuro da empresa.

Dessa maneira, Buffett geralmente analisa os dados dos últimos 10 anos ou mais das empresas, em busca de dados consistentes que o deixe confiante em relação ao futuro da empresa.

Além da constância dos lucros, vale analisar também se a empresa mantém um endividamento baixo e se os produtos e serviços oferecidos pela empresa permanecem os mesmos durante muitos anos. A consistência dos produtos contribui para a constância nos lucros da companhia.

Isso porque, se a empresa permanece oferecendo os mesmos produtos, significa que ela não teve que investir milhões em pesquisa e desenvolvimento e alguns bilhões para reequipar a fábrica para produzir os novos lançamentos.

Logo, o que a empresa faz ao longo dos anos é acumular dinheiro nos cofres. Isso faz com que ela não precise se endividar, nem pagar taxas de juros. Esse cenário permite que mais dinheiro seja usado para expandir suas operações e investir no crescimento da empresa.

Vantagens competitivas: O que são e como identificar

Rota máxima

4- Poder de escala é um indicador de vantagens competitivas

A empresa com poder de escala, possui uma importante vantagem competitiva em relação aos concorrentes. Isso porque a empresa líder de um setor pode barganhar com os fornecedores e realizar pagamentos com prazos mais vantajosos. Além disso, ela pode negociar prazos de pagamentos antecipados com os clientes.

Enfim, agora que você sabe o que são vantagens competitivas, não deixe de aprender como verificar outros indicadores de uma empresa, tais como saúde financeira e ROE através dos Indicadores fundamentalistas – Pra que servem e lista dos 12 principais

Fontes: Suno e Mais retorno

Imagens: Neil patel, Jivochat, Ibc coaching, Rota máxima, Neil patel, Administradores, Assespro e Softline group

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato

As dívidas mais comuns entre os brasileiros e como evitá-las

Programa de fidelidade: o que é, como funciona e exemplos