Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar


As aplicações financeiras, são os investimentos realizados por empresas ou pessoas físicas, com o intuito de conseguir um bom retorno financeiro.

Existem diversos tipos de aplicações financeiras, sendo que elas são indicadas para perfis de investidores diferentes, de acordo com o grau de risco, liquidez e rentabilidade.

Em resumo, as aplicações financeiras são uma forma de proteger o capital contra a desvalorização proporcionada pela alta da inflação.

O que são aplicações financeiras

Uma aplicação financeira ocorre quando uma pessoa compra um ativo, com a intenção de ter retorno financeiro com ele. Em outras palavras, uma aplicação financeira, é um investimento feito por pessoas físicas ou empresas, objetivando uma rentabilidade. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar

Suno

Existem diversos tipos de aplicações financeiras disponíveis. Cada uma delas possui características diferentes em relação à rentabilidade, liquidez e vencimento. Desse modo, cada uma das aplicações financeiras disponíveis se adequam a perfis de investidores diferentes.

Importância de fazer aplicações financeiras

As aplicações financeiras são importantes para que ocorra uma boa gestão financeira dos recursos da empresa, ou das finanças pessoais. Afinal, ao deixar o dinheiro parado, a inflação vai corroendo o seu valor.

Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar

Investnews

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além disso, realizar investimentos é uma maneira de conseguir mais recursos, por meio dos retornos obtidos com as aplicações. Sendo assim, para as pessoas que desejam ficar ricas, realizar investimentos é fundamental.

Opções de aplicações financeiras

Algumas boas opções de aplicações financeiras para fazer seu dinheiro render são:

1- Tesouro Direto

O tesouro direto é uma das aplicações financeiras mais seguras. Isso porque, ao investir em títulos do tesouro, você está basicamente emprestando dinheiro para o governo. Logo, somente se o Brasil quebrar é que você não terá seu dinheiro de volta.

Devido a segurança e previsibilidade, este investimento é usado principalmente pelos investidores de perfil conservador. Além disso, ele possui alta liquidez e o valor mínimo de aplicação é baixo. As opções de títulos do tesouro disponíveis são:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Melhor taxa

Prefixado: O título prefixado é chamado também de Letras do Tesouro Nacional (LTN) ou somente Tesouro Prefixado. A vantagem do prefixado é que, no momento de realizar a sua aplicação, o investidor já sabe qual será a porcentagem de rentabilidade.

Pós-fixado: Nos títulos pós-fixados o investidor não sabe exatamente o quanto a aplicação irá render, somente no momento do resgate.

Híbrido: O tesouro híbrido é um misto entre prefixado e pós-fixado. Portanto, parte da sua rentabilidade é definida por uma taxa variável, e parte é uma porcentagem fixa. Esta opção é interessante para proteger o capital contra a inflação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

2- CDB

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB), são títulos emitidos por bancos. Logo, ao realizar aplicações em CDB, o investidor está emprestando dinheiro para um banco.

Este tipo de investimento é considerado bastante seguro, já que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), sendo uma das opções de aplicações financeiras. 

Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar

Cabidário

A remuneração dos CDBs variam de acordo com o banco emissor, podendo ocorrer de três maneiras diferentes:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Prefixado: O investidor já sabe qual será a remuneração por todo o período que o dinheiro ficar aplicado.

Pós-fixado: Nesta opção, a remuneração é atrelada a uma taxa que varia. Geralmente, a taxa usada é o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que costuma ficar bem próxima à Selic.

Híbrido: A alternativa de híbridos é a menos comum. Neste caso, o rendimento funciona por meio de uma taxa fixa e de uma taxa de índice de inflação.

3- COE

Os Certificados de Operações Estruturadas (COE) são emitidos por bancos ou corretoras. O seu risco varia de acordo com o título, que pode assumir diferentes formas. Uma desvantagem é que eles não são protegidos pelo FGC e não possuem desconto do Imposto de Renda.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar

Sindico net

4- LCI e LCA

Outra opção dentre as aplicações financeiras, são as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

Esses títulos são emitidos pelos bancos, com o intuito de destinar os recursos para empréstimos no setor imobiliário ou do agronegócio. Uma grande vantagem é que ambas são isentas de imposto de renda e contam com a proteção do FGC.

5- Previdência privada

Os planos de previdência privada são uma das opções de aplicações financeiras, principalmente para as pessoas que desejam se aposentar de maneira privada. Apesar de ser uma boa opção se comparada à aposentadoria pública, o investidor deve ficar atento às taxas cobradas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Aplicações financeiras, o que são? Importância, opções e como aplicar

Infomoney

6- Fundos de investimentos

Existem diversos tipos de fundos de investimentos disponíveis, como por exemplo: fundos de renda fixa, ações e multimercado

O funcionamento de todos os fundos é similar: os investidores são chamados de cotistas e não possuem poder de decisão em relação às aplicações que serão realizadas. Os investimentos são responsabilidade do gestor do fundo, que deve seguir as políticas preestabelecidas pelo fundo. 

Exame

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Uma vantagem de realizar aplicações financeiras por meio de fundos de investimentos, é a facilidade em diversificar a carteira. No entanto, é preciso ficar atento aos custos, como a taxa de administração, performance e impostos.

7- Bolsa de Valores

Por fim, para finalizar as opções de aplicações financeiras, temos a bolsa de valores. Dentro da bolsa, existem diversos tipos de aplicações disponíveis, sendo que as mais conhecidas são as ações.

Claritas

As ações são pequenas partes de uma empresa e, ao adquirir esses papéis, o investidor se torna sócio minoritário da companhia. Este tipo de investimento pode proporcionar grandes retornos financeiros. Justamente por isso, ele possui uma parcela de risco considerável. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Como fazer aplicações financeiras

O primeiro passo na hora de fazer suas aplicações financeiras, é conhecer o seu perfil de investidor. Isso é extremamente importante para determinar quais os tipos de investimentos são recomendados para você.

Referencia business

Depois disso, é importante estabelecer seu objetivos com o investimento e quais as opções de aplicações de encaixam. Posteriormente, você deve escolher uma corretora de valores e abrir uma conta. Por fim, resta fazer uma transferência bancária e investir.

Antes de realizar suas aplicações financeiras, aprenda sobre a importância de criar uma Reserva de Emergência – O que é, como começar e onde investir

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes: Btg pactual e Art data contábil

Imagens: Suno, Sindico net, Cabidário, Investnews, Infomoney, Melhor taxa, Claritas, Exame, Referencia business e Clear


Conte-nos a sua opinião...