Capex: o que é, como funciona e como calcular?


Capex é uma sigla muito comum na contabilidade para se referir à expressão, em língua inglesa, Capital Expenditure, que, em português, podemos traduzir para “despesa de capital”.

Capex é nada mais do que um indicador de despesa de investimento em ativos imobilizados.  Em outros termos, é aquele monte reservado para a compra de bens a fim de aumentar a produção e, claro, os lucros.

Mas, calma! Nada de desespero já no início. Bora lá entender melhor esse indicador?

O que é?

Capex é o indicador que aponta o quanto do capital da empresa está alocado para a compra de bens materiais. Ele mostra os gastos que a empresa terá de fazer para aumentar a produção, ampliar a fábrica e melhorar as tarefas funcionais

Portanto, todo valor que a empresa tira do caixa para investir nas operações e no avanço é chamado de Capex. Os gastos destinados, por exemplo, para a construção de uma nova fábrica ou para a compra de mais um carro para a frota da sua empresa são despesas de capital ou investimento em Bens de Capitais.

Para que serve?

O Capex serve, olha só, como uma forma de analisar os investimentos que a empresa está fazendo em si mesma. 

Vale destacar que, na contabilidade, uma despesa é tida como um gasto de capital quando o ativo começa a apresentar as suas despesas com amortização e depreciação.

De acordo com as normas, isso ocorre, pois toda empresa precisa descontar os seus custos fixos com depreciação e amortização durante a vida útil do ativo.

Portanto, é essencial que você saiba que as empresas que fazem Capex devem ser analisadas de perto, porque elas investem primeiro, já o retorno vem depois.

Como o Capex funciona?

Em busca por ampliação, melhor operação e também em lucros, empresários aplicam certa quantia de capital em ativos que ajudarão nesses fins.

Para isso, é necessário saber quanto alocar para realizar a tarefa. Portanto, o indicador que dará essa resposta é o Capex.

Listamos, a seguir, alguns exemplos de Capex:

  • Aquisição de um terreno;
  • Obtenção de um novo veículo para frota da empresa;
  • Construção de um novo imóvel;
  • Compra de peças atualizadas;
  • Instalação de uma nova infraestrutura;
  • Compra de equipamentos de TI.

É relevante sublinhar que a contabilidade divide os ativos em tangíveis e intangíveis.

Os tangíveis são aqueles palpáveis, isto é, máquinas e veículos, já os intangíveis são os não palpáveis ou imateriais como softwares, marcas ou licenças.

Logo, o Capex é indispensável, visto que esse indicador mostra se o plano aplicado está dando certo ou não, para o melhoramento dos resultados.

Como se calcula o Capex?

Primeiramente, para realizar o cálculo, frisamos que ele recai apenas em aportes de capital praticados na obtenção de bens de valor.

Lembre-se que os custos com manutenção não devem entrar neste cálculo.

Tendo isso agora em mente, você chegará ao Capex por meio do notável Balanço Patrimonial. A fórmula que você utilizará, enfim, para calcular o capex da sua empresa é a seguinte:

CAPEX = Variação dos Ativo Imobilizado (atual – anterior) + Depreciação

Antes do cálculo, é vital você fazer a seguinte pergunta para saber se a sua empresa está apenas repondo o que está sendo depreciado:

Qual é o nível de investimento que a empresa faz em relação ao de depreciação e amortização que as suas operações possuem?

A partir da resposta, você saberá se está investindo no que está tendo de desvalorização, e se isso se confirmar, é muito provável que a sua companhia não cresça.

Como fazer a interpretação dos resultados?

Os valores destinados ao Capex variam de acordo com o segmento da empresa. Por isso, o resultado dos cálculos devem ser vistos de acordo com a área da empresa. 

Vale lembrar que o Capex é um investimento. Logo, ele visa contribuir com a evolução da empresa. Portanto, a ela deve ter caixa para realizá-lo quando preciso.

Caso isso não ocorra, é necessário procurar formas de se conseguir o dinheiro por outros meios, como, por exemplo, empréstimos. 

Além disso, é relevante que os investimentos tragam resultados, porque é isso que você quer, não é mesmo?!

Onde o Capex aparece no demonstrativo financeiro?

O Capex está no fluxo de caixa na parte das atividades de investimento, na Demonstração de Fluxo de Caixa da empresa (DFC).

De maneira simples, você encontrará como descrição os seguintes termos:

  • “despesas de capital”;
  • “aquisições de imobilizado”;
  • “despesas de aquisição”;
  • “adições ao imobilizado”.

Como se trata de investimento em ativos, não há muita variação dessas opções.

A título de curiosidade, o site Oceans14 oferece o valor do Capex das empresas listadas na B3. Ao buscar a empresa que desejar pelo nome ou pelo código, é possível ter acesso ao valor de despesa de capital dos últimos dez anos.

Qual a diferença entre o Capex e o Opex?

Ao fazer o plano financeiro, em especial o de novos investimentos, dois indicadores são usados por relacionarem às tomadas de decisões de investimento e despesa: Capex e Opex.

Agora que você já sabe bem sobre Capex, podemos, enfim, dar um passo à frente e aprender o que significa Opex.

Nada de desespero! Vamos lá!

Opex é, portanto, a sigla de Operational expenditure, em português “despesas operacionais”. Enquanto o Capex é voltado a investimentos pesados, o Obex é gradativo.

Diferente do Capex, que é um ativo, o Opex é uma despesa contínua inerente à operação dos bens, é uma operação que você vai executar. Opex, contudo, é o capital destinado a melhorar ou garantir o cuidado com os bens físicos do local.

Enquanto a compra de uma máquina é despesa de capital, o aluguel dela é operacional. Há, ademais, a vantagem da manutenção e atualização não serem deveres seu,  que a alugou, mas sim do dono dela.

Exemplos de Opex:

  • Aluguéis de imóveis e/ou maquinário;
  • Serviços de manutenção (de um maquinário antigo);
  • Seguridade;
  • Despesas com a comunicação;
  • Viagens.

Portanto, podemos concluir que Obex moderniza os negócios, sobretudo, referente à TI, área que se atualiza todos os dias.

Por isso, especialistas dizem que é crucial avaliar quando é benéfico investir em um ativo ou contratar um prestador de serviço. Logo, há casos e casos.

Então, fique atento sempre!

Enfim, curtiu conhecer o indicador Capex? Agora, aproveite para aprender sobre Avaliação patrimonial, o que é? Como funciona, vantagens e como fazer. Boa leitura!

Fontes: Xp educacao, Capital now Mais Retorno e Suno

Conte-nos a sua opinião...