CDBs de liquidez imediata: vale a pena investir?


Os CDBs de liquidez imediata são os Certificados de Depósito Bancário com alta liquidez, já que o investidor pode fazer o resgate antes do prazo de vencimento.

O que são CDBs de liquidez imediata

Os CDBs com liquidez diária são os Certificados de Depósito Bancário com alta liquidez. Em resumo, trata-se de um título de renda fixa emitido por bancos com o intuito de captar recursos.

Na prática, ao investir em um CDB, você está emprestando o seu dinheiro para o banco em troca de uma taxa de juros prefixada, pós-fixada ou híbrida.

O prazo de resgate dos CDBs pode variar bastante. No caso dos CDBs com liquidez diária, você pode fazer o resgate sem que ocorra perda da rentabilidade.

Mas não são todos os CDBs que são assim. Grande parte dos CDBs oferecidos no mercado só podem ser resgatados no vencimento.

No entanto, o fato de ter baixa liquidez não significa que um CDB é ruim. Tudo vai depender dos seus objetivos.

Por exemplo, se você tem um objetivo de curto prazo ou vai precisar do dinheiro de forma antecipada, os CDBs de liquidez imediata são uma boa.

Por outro lado, se o seu objetivo é de longo prazo e condiz com o prazo de vencimento do título, por que optar pelo CDB de liquidez diária?

Em outras palavras, se você não vai precisar do dinheiro antes do prazo, você não precisa escolher o CDB de liquidez imediata. Até porque os títulos com baixa liquidez podem oferecer um retorno mais alto.

No fim das contas, a escolha vai depender dos seus objetivos ao investir.

Riscos

Os CDBs com liquidez imediata são títulos de renda fixa com baixo risco. Isso porque eles contam com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que devolve até R$ 250 mil por CPF e instituição em caso de calote.

Sendo assim, se você tiver até R$ 250 mil em um CDB, você está protegido. Mas se passar desse valor e o banco emissor quebrar, você fica no prejuízo. Para evitar isso, eu tenho duas dicas para te dar:

1- Diversifique

Diversifique entre CDBs emitidos por instituições diferentes e não invista mais de R$ 250 mil em cada uma delas. Desse modo, se uma delas quebrar, você está dentro da proteção do FGC.

Além disso, não se esqueça de diversificar entre tipos de ativos. Em outras palavras, invista em outros tipos de títulos de renda fixa e renda variável. Assim você dilui os riscos da carteira e potencializa as chances de ganhos.

2- Analise a solidez da instituição

Para evitar investir em CDBs de instituições que podem te dar um calote, analise a solidez da instituição emissora do título. Uma boa forma de fazer isso é por meio do Índice de Basileia.

Custos

Grande parte das corretoras de valores já zerou a taxa para investimentos em renda fixa. Mas ainda existe o imposto cobrado em cima da rentabilidade da aplicação.

Os CDBs de liquidez imediata seguem a tabela de Imposto de Renda da renda fixa:

  • Aplicações com até 180 dias a alíquota é de 22,5%
  • De 180 a 360 dias o imposto é de 20%
  • De 360 a 720 dias, a alíquota é de 17,%
  • Por fim, a partir de 720 dias, a alíquota é de 15%

Dicas para investir em CDBs com liquidez diária

Alguns fatores que você deve considerar ao investir em CDBs de liquidez imediata são:

1- Prazo de resgate

Como você já sabe, nos CDBs com liquidez diária você pode fazer o resgate antecipado sem que ocorra perda da rentabilidade.

Por isso, estes títulos são uma boa opção caso você precise do dinheiro antes do vencimento. Mas se você for investir para o longo prazo e for ficar com o ativo até o vencimento, a liquidez diária não é necessária.

2- Rendimento

Os CDBs sem liquidez diária tendem a oferecer um retorno maior do que os ativos com baixa liquidez. Isso ocorre pois os títulos sem liquidez têm o chamado risco de liquidez nos investimentos.

Portanto, se você não for precisar do dinheiro antes do vencimento, optar por CDBs sem liquidez pode ser mais vantajoso, já que o retorno pode ser mais alto.

3- Risco de crédito

Por fim, como você já sabe, os CDBs têm a proteção do FGC. Mesmo assim, é importante que você verifique a solidez do banco emissor para qual é o risco de crédito da aplicação.

Vale a pena investir em CDBs de liquidez imediata?

Com a alta da taxa Selic, os títulos de renda fixa estão oferecendo um retorno mais alto. Dessa forma, muitos investidores estão sendo atraídos para a renda fixa.

Nesse sentido, os CDBs com liquidez imediata podem ser uma boa alternativa para alguns investidores. Para saber se este é um ativo ideal para você, não deixe de considerar os seus objetivos para investir.

Além disso, é preciso saber qual é o seu perfil de investidor, já que isso está diretamente relacionado com os ativos ideais para você. Aproveite agora mesmo para descobrir qual é o seu perfil de investidor.

Fontes: Infomoney e Mobills.

Conte-nos a sua opinião...