Investidor de valor: 3 passos para se tornar um value investor


Se você está em busca de altos retornos na bolsa, talvez você deva se tornar um investidor de valor.

Isso porque, este tipo de investidor analisa as ações em busca de papéis com preço abaixo do valor intrínseco. Ou seja, a ideia é encontrar ações com preços abaixo do que deveria custar.

Com isso, os investimentos possuem uma alta margem de segurança, o que aumenta as chances de altos lucros quando os ativos subirem até o seu real valor.

O que é um investidor de valor?

O investidor de valor ou value investor, é a pessoa adepta da filosofia de value investing. O value investing, por sua vez, tem como ponto chave a procura por ativos negociados abaixo do seu valor intrínseco.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Sendo que o valor intrínseco de um ativo é o preço que ele deveria valer, levando em conta diversos fatores sobre a empresa. Sendo assim, o investidor de valor sempre avalia o preço e o valor dos ativos.

Em resumo, o preço é por quanto um ativo está sendo negociado. Já o valor é o quanto o ativo realmente vale e deveria ser negociado, tendo como base os fundamentos da empresa.

Portanto, o investidor de valor procura por ações com preços abaixo do seu real valor. Logo, ao investir nesses ativos, ele conta com uma boa margem de segurança.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A intenção é lucrar com a valorização desse ativo, quando os agentes do mercado reconhecerem os seus fundamentos. Contudo, esse reconhecimento pode demorar um bom tempo.

É por isso que esse tipo de investimento costuma ser feito com foco no longo prazo. Também é por isso que o investidor de valor deve ser uma pessoa disciplinada e paciente.

Exemplos de investidores de valor

Benjamin Graham é considerado o pai do value investor e existem muitos exemplos de grandes investidores que seguem essa filosofia. Um bom exemplo, é Warren Buffett, discípulo de Graham.

Certamente você já ouviu falar de Warren Buffett. Afinal de contas, ele é um dos maiores investidores do mundo. Ele começou a investir bem cedo na bolsa de valores e sempre praticou a filosofia de value investing.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Inclusive, este é um dos motivos pelos quais hoje ele tem um patrimônio tão grande: ele encontrou empresas com bons fundamentos, sendo negociadas abaixo do seu valor intrínseco.

Quando essas empresas se valorizaram, ele teve um alto retorno. Outro exemplo de investidor de valor é Luiz Barsi.

Em síntese, Barsi nasceu em uma família pobre, investiu durante muitos anos e hoje tem uma fortuna de mais de 2 bilhões de reais.

Investidor de valor: 3 passos para se tornar um value investor

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Como se tornar um investidor de valor?

Agora que você já sabe que a filosofia de value investing costuma proporcionar altos retornos, você deve estar se perguntando como se tornar um investidor de valor. Alguns passos para que você se torne um investidor de valor são:

1- Seleção dos ativos

Antes de analisar as empresas e ver se as suas ações estão com desconto, é preciso fazer uma seleção dos ativos que serão analisados. Isso porque existem muitos ativos disponíveis no mercado e não é viável analisar todos eles.

Logo, é preciso selecionar aqueles que serão estudados. Para isso, uma opção é verificar quais ações estão sendo negociadas com os menores múltiplos de valor. Você pode usar, por exemplo:

  • P/L: Indica a relação entre o preço e o lucro;
  • P/VPA: Demonstra a relação entre o preço e o valor patrimonial;
  • Dividend Yield: É a relação dos dividendos e o preço.
  • Preço/Lucro Crescimento: Mede a relação do preço/lucro de uma ação com a taxa de crescimento dos ganhos. 
  • Dívida-Patrimônio Líquido: Esse indicador é o resultado da divisão do passivo total pelo patrimônio líquido.
  • Preço-livro: É determinado pela divisão do preço das ações pelo valor contábil da ação.

Investidor de valor: 3 passos para se tornar um value investor

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por meio desses indicadores, você pode encontrar as ações negociadas com desconto. No entanto, esses indicadores servem apenas para uma análise mais superficial.

Desse modo, depois de selecionar os ativos que serão analisados, é preciso fazer o valuation.

2- Valuation

Fazer o valuation dos ativos é uma etapa essencial para o investidor de valor. Isso porque, é com o valuation que você poderá identificar as ações que realmente estão com preço abaixo do valor real.

Fazer o valuation não é muito simples, por isso é importante que você estude os conceitos antes. Alguns métodos para o valuation são:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  • Desconto do Fluxo de Caixa (DFC);
  • Soma das partes (SOTP);
  • Múltiplos.

3- Investir e esperar

Por fim, o último passo para se tornar um investidor de valor, é investir e esperar. Depois de verificar quais ações estão com desconto, escolha a que melhor se encaixa no seus objetivos e perfil de investidor.

Lembrando que é importante diversificar entre ativos e setor. Após investir, você deve esperar. Ter a paciência para esperar até que o ativo se valorize não é fácil.

Mas lembre-se: o value investing é uma filosofia com foco no longo prazo. Ou seja, não espere investir em um mês e colher os frutos no mês seguinte.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Muitas vezes, é preciso esperar anos até que os ativos se valorizem. Esperar durante tanto tempo pode não ser fácil. Porém, essa é uma estratégia que costuma dar bons resultados.

E aí, gostou de aprender como se tornar um investidor de valor? Então aproveite para aprender mais sobre a filosofia Value investing – O que é, como funciona e formas de aplicar a estratégia


Conte-nos a sua opinião...