Dividend Yield, o que é? Para que serve e como calcular o rendimento


O Dividend Yield é um indicador do quanto a empresa está pagando de retorno por uma ação. O seu cálculo se dá através da divisão entre os dividendos pagos e os valores individuais das ações.

Para investidores que pretendem montar uma carteira de investimentos com foco no recebimento de dividendos, é fundamental saber calcular o Dividend Yield

Entretanto, o Dividend Yield não deve ser o único fator levado em consideração na hora de investir. De fato, se não fizer uma análise mais detalhada das empresas, o investidor corre o risco de sair no prejuízo. 

Dividend yield, o que é? Para que serve e como calcular o rendimento

Blominvest bank

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O que é Dividend Yield

O termo Dividend Yield (DY) significa rendimento de dividendo. Através dos proventos pagos é possível saber como foi a performance da empresa.

Em outras palavras, o Dividend Yield demonstra a relação entre os dividendos pagos e o preço das ações.  

Luiz Fernando Roxo

Entender o funcionamento do Dividend Yield é elementar para investidores que querem montar uma carteira com empresas pagadoras de dividendos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Entretanto, vale sempre lembrar que os dividendos distribuídos no passado não garantem os dividendos do futuro.

Como funcionam os dividendos

Os dividendos são parte dos lucros das empresas divididas aos seus acionistas, onde, por Lei, ao menos 25% do lucro deve ser distribuído no ano. Ou seja, é uma espécie de remuneração aos investidores.

Os dividendos podem ser divididos em dois tipos:

Dividendos ordinários: É a repartição comum dos lucros da empresa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Dividend yield, o que é? Para que serve e como calcular o rendimento

Yahoo finance

Dividendos Extraordinários: Esse tipo de dividendo só é pago por motivos extraordinários, como, por exemplo, a venda de uma das filiais da empresa. 

Receber dividendos é uma boa forma de ter lucros com investimentos em ações. Existe também a possibilidade de venda das ações, porém, essa forma de ganho é bastante arriscada, já que depende das oscilações do mercado.

Exatamente por isso, as empresas que são historicamente boas pagadoras de dividendos são as queridinhas de boa parte dos investidores. E para saber se realmente os dividendos pagos são bons, basta fazer o cálculo do Dividend Yield.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Dividend yield, o que é? Para que serve e como calcular o rendimento

Acionista

Uma forma de potencializar o dividendo recebido, é reinvestindo esse valor na empresa. Como a distribuição dos dividendos é feita a partir da porcentagem que cada acionista possui da companhia, quem tem mais ações recebe mais.

Logo, ao reinvestir na empresa, na próxima divisão, você ganha mais dividendos. Esse esquema é chamado de juros compostos das ações.

Como calcular o rendimento de dividendo

O cálculo do Dividend Yield se dá por meio da divisão dos dividendos pagos em um período pelo preço individual das ações na data da distribuição.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em outras palavras, basta pegar o valor que foi pago em dividendos e dividir pelo preço unitário das ações, o resultado é o rendimento de dividendo. Para colocar esse valor final em porcentagem, basta multiplicar por 100. 

Dessa maneira, a fórmula é: Dividend Yield = Dividendos pagos por ação / valor unitário da ação X 100

Você SA

Vamos para um exemplo prático. Suponhamos que você tenha ações do Banco do Brasil e esse ano ele tenha pago R$ 5,00 de dividendos por cada ação. Além disso, vamos supor que o preço de cada ação estivesse por R$ 45,00. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Então, o cálculo seria: 5 / 45 = 0,111 

Para ficar em porcentagem: 0,111 x 100 = 11,1 

Portanto, o retorno de dividendo das ações do Banco do Brasil seria de 11,1%. Na hora de fazer a comparação entre as empresas, é importante lembrar que, se as ações de uma empresa estiverem baratas, nos cálculos vai parecer que ela paga dividendos mais altos do que na realidade.

Riscos

Investir em uma empresa apenas porque ela paga bons dividendos é um risco. É importante analisar diversos aspectos da empresa antes, o Dividend Yield é só um deles.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O recomendado mesmo é uma análise fundamentalista, usada por grandes investidores, como Warren Buffett

Dividend yield, o que é? Para que serve e como calcular o rendimento

Live capital

Além disso, o fato de que a empresa está distribuindo proventos não significa que ela está crescendo ou tendo um lucro maior.

Uma empresa pode estar com prejuízos ou com crescimento reduzido e, ainda assim, distribuir dividendos. Isso é um verdadeiro risco para os investidores que aplicaram apenas porque ela pagava bons dividendos. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Porém, se o investidor analisar bem as empresas, é possível investir de forma a receber proventos mensais. Para isso, ele deve analisar as empresas e em quais meses elas pagam dividendos. Depois é só distribuir as empresas segundo os meses que elas distribuem dividendos.

Apesar de não ser uma garantia de que realmente elas irão pagar, ainda assim é um maneira de organizar a carteira.

Se você ainda ficou na dúvida de como fazer essa divisão de ativos em sua carteira de investimentos, assista ao vídeo de Raul Sena. No vídeo ele explica detalhadamente como fazer essa distribuição:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Enfim, agora que você sabe como calcular o Dividend Yield e montar uma carteira de ações com boas distribuições de proventos, saiba também quais foram as Empresas que mais distribuíram lucro – Quais foram, ações e dividendos

Fontes: Toro investimentos, Suno e Mais retorno

Imagens: Blominvest bank, Investopedia, Luiz Fernando Roxo, Yahoo finance, Acionista, Você SA e Live capital

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conte-nos a sua opinião...