LAJIDA, o que é? Cálculos, diferenças entre LAJIR e pra que serve

3 de maio de 2021 - por Jaíne Jehniffer


O LAJIDA é um indicador da capacidade de uma empresa em gerar caixa por meio da sua atividade principal. Em outras palavras, ele é um indicador do desempenho operacional da companhia, muito utilizado para avaliar a saúde financeira do negócio. 

Para os gestores, o LAJIDA serve como um indicador de como está a capacidade produtiva da empresa. Nesse sentido, ele serve para que o gestor analise o potencial operacional do negócio e o potencial competitivo da companhia em comparação com seus concorrentes.

Além disso, o LAJIDA é muito utilizado pelos investidores ao analisar as ações das empresas listadas na bolsa de valores. Desse modo, o investidor utiliza o LAJIDA para verificar a lucratividade da companhia e comparar seus resultados com outras empresas. 

O que é LAJIDA?

LAJIDA é a sigla de Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. Sendo que o termo em inglês é Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization (EBITDA). Dessa maneira, o LAJIDA é um indicador usado para avaliar a geração de caixa operacional.

Ou seja, ele é um indicador da capacidade que a empresa possui de gerar caixa através da sua atividade principal. A intenção é analisar a capacidade operacional do negócio, sem considerar as receitas financeiras e o desconto de impostos.

LAJIDA, o que é? Cálculos, diferenças entre LAJIR e pra que serve

Onze

O LAJIDA pode mostrar o valor gerado pela companhia durante determinado período ou ele pode aparecer de forma relativa. Ao aparecer de maneira relativa, ele vira a margem LAJIDA, que faz a comparação percentualmente do LAJIDA com a receita líquida de vendas.

Como calcular?

Apesar do LAJIDA ser muito utilizado pelos gestores e investidores, antes não existia uma padronização do seu cálculo. Isso significa que cada análise poderia obter um resultado diferente. Sendo assim, em 2002, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), formalizou uma instrução para padronizar o cálculo do LAJIDA.

Portanto, a fórmula do cálculo é: LAJIDA = Receita Operacional Líquida – (CMV + Despesas Operacionais) + Depreciação + Amortização. Suponhamos que você deseja investir na empresa X que possui os seguintes dados:

  • Despesas com vendas (CMV): R$ 1.500,00;
  • Despesas gerais: R$ 2.000,00;
  • Faturamento (Vendas) = R$ 30.000,00;
  • Despesas administrativas: R$ 500,00;
  • Despesas com depreciação: R$ 400,00;
  • Custo de Aquisição de Produtos = R$ 10.000,00;
  • Despesas com amortização: R$ 600,00.

Empreender dinheiro

Ao colocarmos esses dados na fórmula, temos que Receita Operacional Líquida = 30.000 – 10.000 = R$ 20.000,00 logo, CMV + Despesas Operacionais = 1.500 + 2.000 + 500) = R$ 3.000,00 e por fim, LAJIDA = 20.000 – 3.000 + 400 + 600 = R$ 18.000,00. Somente o caixa gerado com a atividade da empresa, desconsiderando efeitos financeiros e impostos, foi de R$ 18 mil.

Diferenças entre LAJIDA e LAJIR

Os termos LAJIDA e LAJIR são bem parecidos e, por isso, podem gerar confusão na cabeça do investidor. Por isso, é preciso ficar bastante atento, já que os dois possuem significados bem diferentes. Como dito anteriormente, LAJIDA é a sigla para Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização.

Por outro lado, LAJIR é a sigla de Lucros Antes dos Juros e Tributos. Ou seja, ele também é um indicador que demonstra o lucro operacional do negócio. Entretanto, o LAJIR não considera a amortização e depreciação do capital durante o período analisado. Isso significa que ele reflete o verdadeiro lucro das operações da companhia, o que faz dele um indicador mais “puro”.

LAJIDA, o que é? Cálculos, diferenças entre LAJIR e pra que serve

Buyco

Pra que serve?

O LAJIDA é um indicador da capacidade da empresa em gerar caixa com a sua atividade principal. Por meio dele, é possível analisar o verdadeiro desempenho da empresa antes dos efeitos financeiros e dos impostos. Dessa forma, ele serve como um ponto de partida para analisar o potencial operacional da empresa.

Sendo assim, através dele, você pode encontrar pontos estranhos nas finanças da empresa e pesquisar mais a fundo para descobrir como realmente está a saúde financeira da companhia. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados com o seu uso. Primeiramente, ele não deve ser considerado como um indicador da liquidez da empresa.

Isso porque ele pode incluir em seu cálculo algumas receitas ainda não recebidas. Outro cuidado que o investidor deve tomar é que o LAJIDA não indica o endividamento da empresa. Desse modo, o resultado alto do LAJIDA pode significar simplesmente que a empresa está muito alavancada. 

Investor

Além disso, o LAJIDA não deve ser o único indicador utilizado pelo investidor ao escolher uma ação. Utilizar um indicador isoladamente pode resultar em erros de julgamento. Por isso, prefira utilizar alguns Indicadores fundamentalistas – Pra que servem e lista dos 12 principais

Fontes: Warren, Suno e Mais retorno

Imagens: Onze, Buyco, Clinica nas nuvens, Empreender dinheiro e Investor

10 livros essenciais para entender sobre economia comportamental

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR