Orçamento empresarial, o que é? Importância e como fazer passo a passo

O orçamento empresarial é um documento usado pelas empresas para realizar o planejamento financeiro para determinado período. Ele normalmente é elaborado mensalmente ou anualmente, como parte do planejamento estratégico da companhia.

3 de março de 2021 - por Jaíne Jehniffer


O orçamento empresarial é um documento utilizado no planejamento financeiro de uma empresa. Sendo assim, o seu intuito é diminuir os gastos e contribuir com o aumento dos lucros. 

O orçamento empresarial serve como um guia para as decisões financeiras da empresa, durante o período de meses ou ano que ele se refere. Dessa maneira, através deste orçamento, o gestor consegue fazer um diagnóstico financeiro da companhia.  

Enfim, o orçamento empresarial é essencial para que as finanças da empresa fiquem organizadas e as metas definidas sejam alcançadas. Além disso, por meio do planejamento financeiro é possível acompanhar de perto a evolução do negócio. 

O que é orçamento empresarial?

O orçamento empresarial é um documento usado pelas empresas para realizar o planejamento financeiro para determinado período. Ele normalmente é elaborado mensalmente ou anualmente, como parte do planejamento estratégico da companhia. 

O objetivo principal do orçamento empresarial, é a redução de gastos e o aumento dos lucros. No entanto, esse objetivo pode ser realizado de diversas maneiras, como, por exemplo, investindo em tecnologias ou cortando custos em algumas áreas.

Por isso, o orçamento empresarial deve possuir todos os detalhes referentes às receitas e despesas do período proposto. 

Orçamento empresarial, o que é? Importância e como fazer passo a passo

Status knowledge

É importante não confundir orçamento empresarial e orçamento de vendas, já que o orçamento empresarial serve para planejar as receitas e despesas da empresa.

Já o orçamento de vendas contém os detalhes referentes à venda de um produto ou serviço, sendo que ele é enviado para o cliente como proposta comercial. Enfim, existem alguns métodos que são mais utilizados ao elaborar o orçamento empresarial:

  1. Orçamento Base Zero (OBZ): Esse modelo tem como ideia-chave a adequação dos setores de uma empresa com base nos limites de gastos estipulados pela gestão. 
  2. Matricial: Esse modelo de orçamento empresarial tem como princípio o cruzamento de dois eixos. Sendo assim, o eixo vertical representa os custos comuns a todos, já o eixo horizontal são os setores da empresa. 
  3. Forecast: Esse tipo de orçamento se baseia nos dados passados da empresa para definir os ajustes orçamentários que serão feitos. 
  4. Colaborativo: É aplicado em empresas com organização horizontal e todos os colaboradores contribuem com o seu planejamento e execução. 
  5. Orçamento Base Histórica (OBH): Por fim, o OBH é baseado nos resultados históricos da empresa. A diferença entre ele e o forecast, é que ele é mais abrangente, ao passo em que o forecast é usado sobretudo para cumprir metas específicas.

Importância do orçamento empresarial

O orçamento empresarial é importante para que o gestor acompanhe a evolução da empresa, já que ele funciona como um guia nas tomadas de decisão financeira.

O uso do orçamento empresarial é similar ao orçamento familiar. Portanto, todas as decisões que envolvem dinheiro, devem ser baseadas nos dados e projeções do orçamento empresarial. 

Orçamento empresarial, o que é? Importância e como fazer passo a passo

Xerpa

Além disso, através desse documento, o gestor consegue realizar um diagnóstico financeiro da empresa, tendo como base os dados passados. Dessa forma, é possível fazer projeções realistas para a evolução futura da empresa ao longo prazo.

Como se baseia em dados passados para estabelecer metas alcançáveis, o orçamento empresarial se torna um instrumento para o acompanhamento dos planos postos em prática e da evolução financeira do negócio.

Vantagens

A principal vantagem do orçamento empresarial é a possibilidade de acompanhar a evolução do negócio, o que permite que ajustes sejam feitos para um melhor desempenho.

Para as empresas que já utilizam mecanismos de controle de gestão, o orçamento empresarial funciona como uma simplificação visando melhorar a eficácia dos processos, o que resulta em ganhos para a empresa. 

Orçamento empresarial, o que é? Importância e como fazer passo a passo

Boa vista tecnologia

Outra vantagem é que o orçamento empresarial funciona como um guia, contribuindo nas tomadas de decisão. Em outras palavras, o orçamento da empresa tem a vantagem de ser um documento que pode ser consultado constantemente para garantir que a companhia esteja seguindo na direção correta. 

Como fazer um orçamento empresarial

A elaboração de um orçamento empresarial exige tempo, mas os resultados compensam. Para não se perder entre as informações que precisam ser levantadas, siga o passo a passo:

1- Diagnóstico financeiro

Para fazer o diagnóstico financeiro da sua empresa, você deve analisar os dados apresentados pela empresa nos últimos anos. Verifique, por exemplo: indicadores de volume de vendas, lucro, despesas, faturamento e gastos com impostos.

Após analisar todos os dados e indicadores de desempenho da companhia, é preciso concluir se a empresa está evoluindo conforme o esperado ou se é necessário realizar mudanças no orçamento. 

E-inscrição

2- Objetivos do orçamento empresarial

O segundo passo é estabelecer os objetivos da empresa. É importante que eles sejam realistas e baseados nos recursos disponíveis. Para a definição dos objetivos, você pode recorrer ao plano de negócios da empresa, já que nele constam os objetivos gerais da companhia.

Alguns exemplos de objetivos são: reduzir os custos fixos em 15% até o meio do ano ou aumentar o lucro bruto em 10% através da redução de custos variáveis. 

3- Projeção de vendas

O terceiro passo para fazer um orçamento empresarial, é uma projeção de vendas. O intuito é estabelecer o quanto a companhia pretende vender no futuro. Essa etapa é muito importante, pois serve como base para outras partes do orçamento, como, por exemplo, o planejamento de despesas, custos e investimentos.

Ao fazer a projeção de vendas, leve em consideração todos os canais de venda da companhia (loja física, online, revendedores) e os produtos e serviços que são ofertados para os clientes. Depois disso, calcule o volume médio de vendas para cada item e canal.

Construtiva

4- Demais receitas

A renda principal da empresa deriva da sua atividade final. Porém, é comum que as empresas possuam algumas outras fontes de renda, como locações e aplicações financeiras. Desse modo, você deve projetar o recebimento das receitas que não são resultado de vendas.

5- Custos e despesas

Liste todos os seus custos e despesas, para que sirva como base para a estimativa de gastos do próximo ano. Portanto, considere todos os custos fixos, variáveis e despesas fixas e variáveis.

6- Ativo fixo

O ativo fixo são todos os bens e direitos da empresa. Esses ativos podem ser tangíveis (imóveis, ferramentas e máquinas) ou intangíveis (marcas, direitos autorais e títulos financeiros).

Ceem

7- Investimentos

Os investimentos são necessários em todas as empresas que desejam crescer. Por isso, é importante que você planeje os investimentos que serão feitos no negócio, como a contratação de novos funcionários e a compra de novos equipamentos.

Além de planejar os investimentos que serão realizados, é preciso incluir no orçamento empresarial qual será a fonte do dinheiro para investir.

8- Organize

Por fim, com todos os dados anteriormente levantados, está na hora de organizar tudo em uma estrutura de orçamento empresarial, que pode ser uma planilha ou software. Sendo que a estrutura pode variar de acordo com as necessidades e o tamanho da empresa. 

Agora que você já sabe elaborar um orçamento empresarial, aproveite para aprender sobre o funcionamento do Balanço patrimonial, o que é? Como funciona, conceitos e para que serve

Fontes: Rockcontent, Lafs contabilidade e Conta azul

Imagens: Status knowledge, E-learn, Xerpa, Boa vista tecnologia, E-inscrição, Construtiva e Ceem

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato

As dívidas mais comuns entre os brasileiros e como evitá-las

Programa de fidelidade: o que é, como funciona e exemplos