Small caps, o que são? Definição, índice SMLL e como investir


As small caps são as empresas com baixo índice de capitalização, se comparadas às grandes empresas, presentes na bolsa de valores brasileira. Por serem empresas com valor de mercado e capitalização menores, as small caps possuem uma ampla margem para crescimento e valorização.

Ou seja, existem grandes possibilidades de retorno financeiro com as small caps. Isso porque, elas podem apresentar um crescimento expressivo e os preços dos ativos podem aumentar e, com isso, gerar lucros aos investidores.

Apesar da possibilidade de altos retornos financeiros, existe também grandes riscos. Alguns riscos se referem à volatilidade e a liquidez desses papéis, já que eles são menos negociados. Além disso, uma empresa menor pode falir mais facilmente do que uma gigante consolidada no mercado.

O que são small caps

Não existe um único conceito para small caps, mas, no geral, são empresas com baixo índice de capitalização. Justamente por serem empresas pequenas, as ações das small caps são chamadas de ações de segunda ou terceira linha

Small caps, o que são? Índice SMLL, outras classificações e como investir

The cap

No entanto, essa nomenclatura não significa que é uma ação ruim ou a empresa não é boa. Na verdade, trata-se de uma comparação com as gigantes do mercado, as blue chips, que são chamadas de ações de primeira linha.

Existem diversas empresas referências e líderes em seu setor de atuação, que são consideradas small caps. Como exemplo: CVC, Azul, Tovts e Eneva.

Em comparação, o valor de mercado das small caps gira entre R$ 1 bilhão e R$ 10 bilhões, já o valor de mercado de uma blue chip, ultrapassa os R$ 200 bilhões.

Índice de small caps (SMLL)

O SMLL, é o índice da bolsa de valores voltado apenas para as empresas small caps. Dessa maneira, em sua carteira teórica estão as small caps com maior peso no mercado. Sendo que, sua composição é revisada de quatro em quatro meses.

Bússola do investidor

Para fazer parte do índice, a empresa precisa se encaixar em alguns requisitos. Como, por exemplo, ter estado em 95% dos pregões da bolsa no período das três últimas composições da carteira teórica do índice small caps.

Outro critério é não ser negociada por menos de R$ 1,00 e, além de ter participado de 95% dos pregões desde que entrou na bolsa de valores.

Outras classificações

Além das small caps, existem ainda outras classificações de empresas, como:

Micro caps: Na categoria de micro caps, temos as empresas que são ainda menores do que as small caps. Dessa forma, o seu valor de mercado está abaixo de R$ 1 bilhão. Por serem empresas pequenas, elas apresentam grande potencial de crescimento. 

Por outro lado, podem quebrar mais facilmente se comparadas com as gigantes do mercado. Apesar disso, existem boas oportunidades de investimentos em micro caps. 

Small caps, o que são? Índice SMLL, outras classificações e como investir

Iq contas

Mid caps: As mid caps são as empresas médias, com valor de mercado entre R$ 10 bilhões e R$ 100 bilhões. Elas possuem certa volatilidade, mas têm boa margem para crescimento. Algumas empresas que são consideradas como mid caps são Natura e a Grendene. 

Blue chips: As blue chips são as empresas gigantes da bolsa, com as maiores capitalizações do mercado. Consequentemente, são também as empresas mais negociadas e com maior liquidez.

Geralmente, são as queridinhas dos investidores que estão procurando receber dividendosNo entanto, como já são empresas bem consolidadas, elas não possuem uma margem para crescimento tão grande quanto as small caps. 

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

Vantagens e desvantagens de investir em small caps

A principal vantagem de investir em small caps é a possibilidade de altos retornos com o rápido crescimento da empresa. É claro que essa possibilidade é maior se a empresa for bem administrada, por isso o investidor precisa analisar bem a empresa antes de investir nela. 

Outra vantagem é que as ações costuma custar mais baratas do que das empresas blue chips. Dessa forma, as small caps podem ser uma opção de diversificação de investimentos com pouco dinheiro

Small caps, o que são? Índice SMLL, outras classificações e como investir

Exame

Por outro lado, as empresas small caps são pequenas. O que significa que elas podem quebrar mais facilmente e rapidamente do que as blue chips. Elas também são empresas voláteis, o que pode ser tanto uma vantagem quanto desvantagem. Afinal as oscilações permitem que o investidor compre na baixa e venda na alta. 

Outra desvantagem é a liquidez. Como são empresas com baixo volume de negociação, o investidor pode encontrar dificuldades em vender uma ação.

Por fim, temos ainda a desvantagem de que as small caps não possuem tantas informações disponíveis quanto as blue chips. Além disso, pode ser que a empresa seja jovem e só possua informações financeira de curto prazo, o que dificulta a análise profunda da empresa.

Como investir

Para investir em small caps, você pode optar por três maneiras diferentes:

1- Ações de small caps

A primeira opção de investimento é igual às aplicações em outros tipos de ações. Dessa maneira, o primeiro passo é identificar seu perfil de investidor. O perfil serve como uma forma de determinar o grau de risco que você está disposto a correr. Depois disso, você precisa escolher uma corretora e abrir uma conta. 

Small caps, o que são? Índice SMLL, outras classificações e como investir

Financeone

O próximo passo é analisar as empresas small caps e levantar o máximo de informações possíveis sobre elas. Feito isso, escolha em quais você vai aplicar. Então basta fazer uma transferência de dinheiro para a sua conta na corretora e começar a investir. 

2- ETFs

A segunda maneira de investir em small caps, é por meio dos fundos de índices que seguem o SMLL. Desse modo, o que os ETFs fazem, é replicar a carteira teórica do índice de small caps, com o objetivo de conseguirem retornos similares. 

Gestão de clientes

Para investir em ETF, você precisa seguir quase os mesmos passos da opção anterior. Isto é, você precisa conhecer seu perfil e abrir uma conta em uma corretora. Depois disso, é preciso escolher um ETF e comprar cotas do fundo. Como não é necessário comprar ação por ação, e sim algumas cotas do ETF, essa segunda opção é mais fácil do que à primeira. 

3- Fundos de ações

Por fim, você pode optar ainda por fundos de ações que investem apenas em ações de small caps. A forma de realizar esse investimento é similar ao investimento em ETF, já que o investidor compra cotas do fundo. Portanto, esta alternativa apresenta a vantagem de ser prática e contar com uma gestão profissional do fundo. 

Ficou curioso sobre as small caps? Então aproveite para descobrir quais são as que estão dando o que falar:

Enfim, agora que você sabe tudo sobre small caps, aproveite para entender quais são os Impostos sobre investimentos – Principais tipos e como são cobrados

Fontes: Rico, Magnetis e Infomoney

Imagens: The cap, Bússola do investidor, Yubb, Iq contas, Exame, Financeone e Gestão de clientes

Conte-nos a sua opinião...