3 ações com maior dividend yield da nossa carteira

Saiba o que são dividend yield e conheça as 3 ações da carteira do canal que pagaram os maiores dividendos nos últimos 12 meses.

6 de abril de 2022 - por Raul Sena (Investidor Sardinha)


O sonho de muitos brasileiros é acumular um bom patrimônio e viver de renda, sem mais se preocupar com o dinheiro. Aqui, no Investidor Sardinha, mantemos uma carteira de investimentos aberta, que soma quase R$ 2 milhões – o que já me permitiria viver de dividendos. Mas, afinal, quais são 3 as ações da nossa carteira com os maiores dividend yield atualmente?

Talvez você ainda seja um investidor iniciante e nem saiba o que é o Dividend Yield. Então, vamos lá!

Trata-se de mais um nome complicado da Bolsa de Valores, mas com uma explicação bem simples. O dividend yield é um dos indicadores usados para mensurar quanto uma empresa vale (valuation).

Significa, simplesmente, o “retorno por dividendos” de uma ação.

Como se calcula o dividend yield?

Um erro comum de muitos investidores é o de calcular de forma equivocada o dividend yield. Acabam tomando por base algum pagamento eventual ou específico feito pela empresa.

Aqui vai um exemplo bem “quente”.

No início desta semana, recebemos dividendos da empresa Fleury (FLRY3) – do ramo de laboratórios médicos – no valor de R$ 1.171,19. Temos 1.650 ações da empresa, cotadas, cada uma, a R$ 16,71 na data do recebimento (dia 4/4).

Fleury anunciou que vai pagar o total de R$ 225 milhões em dividendos. E tem 318 milhões de ações.

Logo, seria justo imaginar que, para se chegar ao dividend yield basta dividir 225 milhões por 318 milhões. Ou seja, podemos arrematar que a empresa paga R$ 0,70 por ação, certo?

Errado!

O problema desta conta é que ela ignora os outros dividendos distribuídos no mesmo período – um ano, por exemplo. E, dessa forma, o cálculo acaba se enviesando para cima ou para baixo.

Fórmula para calcular o dividend yield

Então, qual a fórmula correta para calcular o dividend yield?

Matematicamente, o cálculo é o seguinte:

3 ações com maior dividend yield da nossa carteira

Porém, para chegar a um valor mais correto, é preciso esticar o prazo. A forma mais comum, utilizada pelo mercado financeiro, é o chamado TTM (Trailing Twelve Months).

Ou seja, usar como base os dividendos distribuídos pela empresa nos últimos 12 meses.

No nosso exemplo, tivemos 3 pagamentos feitos pela Fleury neste período:

  • 04/04/22 – 0,70
  • 30/12/21 – 0,09
  • 16/08/21 – 0,13

Então, somamos tudo que foi pago nos últimos 12 meses e chegamos ao valor de R$ 0,93 por ação. Este, portanto, é o valor que deve constar na nossa fórmula.

Pra ficar certinho, vamos usar o número quebrado:

3 ações com maior dividend yield da nossa carteira

Chegamos, finalmente, ao porcentual de 5,61%.

Eureka! Este é o dividend yield da nossa Fleury.

3 ações com maior dividend yield da nossa carteira

3 ações campeãs de dividend yield da carteira

Agora, que já aprendemos a pensar e a fazer os cálculos – ao invés de só pegar número pronto por aí –, vamos enfim conhecer as 3 ações com maior dividend yield da nossa carteira de investimentos:

  • M. Dias Branco (MDIA3) – 8,03%
  • Grendene (GRND3) – 7,63%
  • Wiz Soluções (WIZS3) – 7,06%

3ª colocada: Wiz Soluções (WIZS3)

Por ordem crescente, a Wiz Soluções figura na terceira colocação da nossa lista, com dividend yield de 7,06% nos últimos 12 meses.

A empresa atua como corretora de soluções no ramo de seguros, mas não se responsabiliza pelos bens segurados.

Funciona apenas como uma intermediária na corretagem dos contratos de securitização.

Assim, quando acontece um sinistro, o problema é sempre dos outros e nunca da Wiz. É como aquele amigo do bar, que quando a conta chega, vai no banheiro ou sai de fininho.

A companhia também oferece outros produtos serviços financeiros e de seguros, por meio de uma plataforma multicanal.

Em 2020, a WIZS3 foi alvo da Polícia Federal por fraudes e desvio promovidos por diretores, mas se recuperou e continua sendo uma das boas pagadoras de dividendos.

2ª colocada: Grendene (GRND3)

Na segunda posição, surge uma empresa pela qual tenho uma relação de amor e ódio.

Maior indústria de calçados do Brasil, a Grendene concentra várias marcas de renome, como Melissa, Rider, Cartago, Grendene Kids e Ipanema.

E entregou 7,63% de dividend yield nos últimos 12 meses.

Trata-se de um negócio inteligente e lucrativo.

A empresa compra a matéria prima – muito dela derivada do petróleo – e produz as sandálias com um valor agregado altíssimo.

A GRND3 mantém 10 fábricas no Ceará (onde recebe incentivos fiscais bastante relevantes), tem muito dinheiro em caixa e dívida praticamente “zero”.

Apesar de eu achar uma empresa pacífica demais e que poderia fazer muito mais barulho – abrir mais lojas, por exemplo – acaba sendo uma boa fonte de dividendos.

1ª colocada: M. Dias Branco (MDIA3)

Na primeiríssima posição, ela: a M. Dias Branco, com 8,03% de dividend yield.

Sei que não é um porcentual excelente, fora da curva, mas acaba sendo um ganho residual interessante.

Aliás, a MDIA3 entrou há pouco tempo na carteira de investimentos do canal.

Líder no setor alimentício (massas e biscoitos), a companhia está presente em todos os estados do País e possui mais de 60 anos de mercado. Produz alimentos processados com extremo valor agregado.

Entre as marcas do grupo estão a Fortaleza, Vitarella, Estrela, Richester e Piraquê.

Dividend yield: apenas um indicador de mercado

Agora que você aprendeu a calcular o dividend yield e conheceu as 3 ações com maior DY da nossa carteira, vale pontuar duas coisas importantes.

Primeiramente, este artigo não é e jamais deve ser visto como uma recomendação de investimento.

Nosso objetivo é o de promover educação financeira e te tornar totalmente responsável pelas próprias decisões de investimento.

Dito isso, é bom ter em mente que o dividend yield é apenas um dos muitos indicadores do mercado financeiro. Você precisa, portanto, levar em consideração diversos fatores na hora de escolher quais ações comprar.

Se você gostou do conteúdo, veja mais detalhes sobre os melhores dividend yield da carteira do canal, no vídeo acima, que publiquei no canal do Investidor Sardinha.

Aproveita e já dá um confere no nosso Instagram (@oraulsena), pra ficar sempre ligado no mundo dos dividendos e dos investimentos, em geral.

E não deixe de conferir, também: A verdade sobre os dividendos.

O que acontece se não declarar o Imposto de Renda? Testei na PRÁTICA!

Fazer faculdade no Brasil vale a pena? A realidade é difícil de engolir

Ibovespa caindo! – Onde estou investindo para proteger o meu dinheiro?

A enorme BOMBA que pode enterrar de vez o Brasil