Ambev em 2021 – História da empresa, atuação e estratégias


A Ambev é uma das maiores cervejarias do mundo, dona de grande parte do mercado de cervejas no Brasil. No entanto, como é uma empresa grande, ela não tem mais muito espaço para crescimento. 

Mesmo possuindo grande parte do market share nacional, a concorrência com outras marcas, como Petrópolis e Heineken, é acirrada. 

Vale lembrar que, apesar de falarmos sobre a história da empresa e sobre as perspectivas para a Ambev em 2021, este texto não deve ser considerado como uma indicação de investimento.

História

Antes de falarmos sobre as perspectivas para a Ambev em 2021, vamos falar um pouco sobre a sua história. A cervejaria Ambev surgiu por meio de um trio de sócios bem famosos no Brasil: Carlos Alberto Sicupira, Jorge Paulo Lemann e Marcel Herrman Telles

Ambev em 2021 - História da empresa, atuação e estratégias

Guia da cerveja

A Ambev é o resultado da fusão entre a Cervejaria Brahma e a Companhia Antarctica, em 1999. Posteriormente, a Ambev se uniu com a Anheuser-Bush e a belga Interbrew, juntas elas formaram a Anheuser-Busch Inbev, conhecida como AB Inbev.

Em relação ao seu histórico na bolsa de valores, a empresa é uma Blue Chip negociada com o ticker ABRV3. Além disso, a Ambev distribui dividendos de maneira consecutiva desde 2006.

Atuação da Ambev

A Ambev é amplamente conhecida, sobretudo por sua atuação no mercado de cervejas. Dessa maneira, a empresa possui grande representatividade não apenas no Brasil, mas também no âmbito internacional. 

Em termos de produtos, a empresa comercializa diversos tipos de bebidas diferentes, como cervejas, chopes, refrigerantes, sucos e chás.

Para suprir a demanda de um portfólio de produtos tão abrangente, a empresa conta com mais de 30 marcas. Dentre elas, temos a Stella Artois, Skol, Bohemia, Antarctica, Brahma, Colorado e Budweiser.

Ambev em 2021 - História da empresa, atuação e estratégias

Uol

Somente no Brasil, a Ambev possui 32 cervejarias, 2 maltarias, 100 centros de distribuição direta e emprega mais de 35 mil pessoas. Sendo assim, a empresa está presente em mais de 18 países, dentre eles o Canadá, Argentina, Estados Unidos, Honduras, Panamá e Cuba.

Investir em Ambev em 2021 é uma boa ideia?

A Ambev é uma empresa gigantesca, que atualmente detém cerca de 60% do market share de cervejas no Brasil. Ao mesmo tempo em que dominar uma parcela tão grande do mercado é uma vantagem, também é uma desvantagem.

Isso porque a tendência é que as grandes empresas apresentem um lento crescimento, já que não possuem mais muita margem para expansão. 

Ambev em 2021

O debate sobre a Ambev em 2021 se intensificou devido ao aumento da concorrência em 2020.

Em resumo, em maio, a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), divulgou dados que apontavam um crescimento de 38% nas vendas de bebidas alcoólicas nas distribuidoras e de 27% nos mercados.

Além disso, de acordo com o IBGE, o aumento na produção foi de 6,9%. É claro que esses números foram sentidos pela Ambev, que apresentou um aumento de apenas 25,4% nas vendas de cervejas.

Sendo assim, a previsão para a Ambev em 2021 não é das melhores. A preocupação dos analistas pode ser dividida nas seguintes categorias:

1- Chegada do verão

O verão é o principal pico de vendas da empresa. Mas, para o ano de 2021, os analistas estão receosos em relação ao desempenho da companhia. Essa preocupação ocorre porque muitas praias permanecem fechadas devido à pandemia do Covid-19.

Ambev em 2021 - História da empresa, atuação e estratégias

Na prática

Desse modo, quando a empresa teria o maior volume de vendas, pode ser que a Ambev apresente baixa em 2021, se comparado com os anos de 2019 e 2020. 

Outro evento que proporcionaria um aumento das vendas da Ambev em 2021, é o carnaval. Entretanto, com a necessidade do distanciamento social, provavelmente o volume de vendas não será tão grande quando foi nos anos anteriores. 

2- Prorrogação do auxílio emergencial

Durante o período de distanciamento social de 2020, a Ambev apresentou uma alta no volume de vendas de cerveja. Este aumento pode estar relacionado ao auxílio emergencial. 

Veja

Esse argumento é reforçado pelo fato de que as marcas que tiveram maior faturamento neste período foram as mais populares, tidas como mais baratas: Skol, Brahma e Antarctica. 

Dessa forma, com o fim do auxílio emergencial, pode ser que o consumo de cerveja diminua, o que pode impactar nas vendas da Ambev em 2021. 

3- Futebol

Por fim, outro fator que pode impactar o desempenho da Ambev em 2021 é a sua atual posição publicitária. Em síntese, a empresa foi patrocinadora oficial do Brasileirão por mais de 20 anos. Contudo, ela decidiu não ser mais a patrocinadora. 

12 min

Segundo a empresa, o motivo para o rompimento, é que a estratégia de marketing da companhia não se encaixava mais com o valor pago para patrocinar o Brasileirão, que girava em torno de 300 milhões. 

4- Concorrência da Ambev em 2021

Com a saída da Ambev do Brasileirão, as concorrentes entram em cena. Sendo assim, quem tomou o lugar da Ambev foi a cervejaria Petrópolis, dona da Petra e da Itaipava.

A Petrópolis vem crescendo amplamente e, em agosto, inaugurou uma fábrica que conta com 108 mil m² de área construída, o que equivale a cerca de 15 campos de futebol.

Revista beer art

A instalação da empresa corresponde à cerca de 6% da capacidade produtiva de cervejas no Brasil, mostrando um amplo crescimento da concorrência ao lado da Ambev.

Por outro lado, a sua outra concorrente, a Heineken, vem ganhando notoriedade no mercado brasileiro, sobretudo com o público jovem. A consequência disso é que o Brasil se tornou o principal mercado da empresa.

Estratégias para a Ambev em 2021

Basicamente, a principal estratégia da empresa vem sendo criar novas marcas para estabelecer uma concorrência interna focando no cliente. O exemplo mais recente foi a criação da Brahma Duplo Malte, que teve uma ampla adesão no mercado de cervejas nacional.

Agora que você entende o contexto geral das perspectivas para o desempenho da Ambev em 2021, veja o vídeo de Raul Sena e entenda mais sobre as estratégias de recuperação da Ambev. 

Enfim, agora que você conhece as projeções para a Ambev em 2021, aproveite para descobrir Como ficar milionário? Dicas e hábitos para atingir o primeiro milhão

Fontes: 12 minA.

Imagens: A., Uol, Guia da cerveja, Na prática, Veja, 12 min e Revista beer art

Conte-nos a sua opinião...