IPO da Raízen: como vai funcionar a abertura de capital


O IPO da Raízen está em andamento e sua estreia na Bolsa de Valores Brasileira (B3), ocorrerá no início de agosto de 2021.

Este é um IPO gigante e bastante esperado, já que a Raízen é uma líder mundial no mercado de biocombustíveis e é protagonista na transição energética.

Lembrando que apesar de falarmos sobre como vai funcionar o IPO da Raízen, esse texto não deve ser considerado como uma indicação ou recomendação de investimentos.

O que a Raízen faz?

Antes de falarmos sobre a abertura de capital da Raízen, vale a pena conhecer um pouco sobre a empresa. A história da Raízen começa em 2011, quando os grupos Cosan (CSAN3) e Shell anunciaram uma joint venture.

O intuito era unir ativos dentro dos mercados de biocombustíveis e energias renováveis com a participação societária dividida meio a meio. Sendo que, o nome da empresa, foi inspirado na junção das palavras raiz, que remete à cana-de-açúcar, e a palavra energia.

Quando a parceria foi estabelecida, a Cosan era reconhecida como a maior produtora de biocombustíveis e de açúcar do Brasil. Em contrapartida, a Shell era detentora de uma ampla rede de infraestrutura de distribuição de combustíveis no país.

IPO da Raízen: como vai funcionar a abertura de capital

Exame

Enfim, atualmente Raízen, é a líder mundial no mercado de biocombustíveis, sendo uma das protagonistas dentro da tendência mundial de transição energética. Antes de falarmos sobre a abertura de capital da Raízen, vamos analisar também o modelo de negócio da empresa, que consiste nas seguintes etapas:

  • Produção da matéria-prima (plantio, colheita e processamento);
  • Logística e distribuição para o consumidor final na rede de distribuição própria.

Suas linhas de negócios estão divididas em duas empresas, sendo elas:

IPO da Raízen

Em síntese, os biocombustíveis são produtos derivados da biomassa renovável. Sendo assim, no futuro eles podem  substituir, parcial ou totalmente, os combustíveis derivados do petróleo e do gás natural. 

Por outro lado, a biomassa é toda matéria orgânica de origem vegetal ou animal usada com a finalidade de produzir energia. No caso da Raízen a matéria orgânica utilizada é a cana-de-açúcar.

Crescimento

Os combustíveis renováveis vêm ganhando cada vez mais espaço na matriz energética. De acordo com os dados do Ministério de Minas e Energia, no momento, 20% do consumo de combustíveis do setor de transporte já provém dessas fontes.

A principal razão pelo crescimento no mercado de biocombustíveis, é a questão sustentável. Isso porque, quando avaliado o ciclo de vida completo do combustível, o etanol reduz as emissões de dióxido de carbono (CO2) em até 90% em relação à gasolina.

"IPO da Raízen

IPO da Raízen: dados financeiros da empresa

A Raízen vem crescendo bastante. Dessa maneira, a receita operacional líquida saiu de R$ 58,3 bilhões, em 2014, para R$ 114,6 bilhões, em 2021, tornando-a uma das principais empresas do país. Confira no gráfico abaixo o crescimento da companhia:

IPO da Raízen

Ao analisar o IPO da Raízen é preciso considerar também que mesmo com o crescimento da receita, o lucro e as margens apresentam uma certa queda:

IPO da Raízen

As margens da Raízen são menores, pois a maior parte da sua receita deriva dos postos de combustíveis e refino, um segmento bastante concorrido.

Além disso, a empresa reinveste bastante em si mesma visando o crescimento, o que diminui as margens. Confira abaixo o panorama geral dos resultados da companhia:

IPO da Raízen

Por fim, agora que você conhece a atuação e os dados financeiros da empresa, vamos falar sobre o IPO da Raízen. Primeiramente, o ticker da empresa será RAIZ4 e ela será listada no segmento de nível 2. O preço por ação é de R$ 9,50, o investimento mínimo é de R$ 3.000,00 e o valor da oferta é de cerca de R$ 6,7 bilhões.

No total são 810.811.000 ações ofertadas. O início do período de reservas foi no dia 20 de julho, e o encerramento será no dia 02 de agosto. A fixação do preço por ações será no dia 03 de agosto e o início das negociações na bolsa ocorrerá no dia 05 de agosto. A estrutura societária antes e depois da abertura de capital da Raízen é a seguinte:

Os coordenadores do IPO da Raízen são:

Com a IPO, a Raízen pretende investir na expansão da produção, em infraestrutura e na eficiência e produtividades das partes de bioenergia. Confira em detalhes o que a companhia pretende fazer com o dinheiro levantado na IPO:

Agora que você conhece a Raízen e como vai funcionar a sua abertura de capital, veja o vídeo de Raul Sena, o Investidor Sardinha, e entenda se ele vai ou não entrar no IPO da Raízen:

Enfim, agora que você sabe tudo sobre a abertura de capital da Raízen, não deixe de aprender o que são Ações de primeira linha: o que são e como funcionam

Imagens: R., Rciararaquara, Exame e Spacemoney

Conte-nos a sua opinião...