Bancarização, o que é? Definição, importância e vantagens


A bancarização é o processo de inclusão da população no sistema financeiro nacional. A intenção é que o maior número de pessoas possível tenha acesso aos serviços financeiros que contribuem com a sua organização financeira pessoal. 

Uma parcela considerável da população, que não possui nenhum tipo de conta bancária ou que não realizou nenhum tipo de movimentação nos últimos seis meses, é considerada como desbancarizada. 

A bancarização é importante, pois proporciona ferramentas para que as pessoas tenham uma melhor gestão de bens e recursos, o que impacta o desenvolvimento econômico nacional. 

O que é bancarização

O termo bancarização se refere ao processo que busca incluir a população no sistema bancário. A intenção é garantir que todos possam ter acesso a esse tipo de serviço, e possam aproveitar os benefícios oferecidos pelos bancos e fintechs.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Para que uma pessoa seja considerada integrante do grupo de bancarização, ela deve ter uma conta bancária tradicional ou digital, que possibilite o acesso a serviços financeiros como pagamentos e investimentos.

Isso porque, segundo o relatório do II Fórum Nacional Banco Central sobre Inclusão Financeira, bancarizado quer dizer: ter acesso a uma conta corrente de qualquer tipo, uma conta poupança e algum tipo de empréstimo. 

Bancarização, o que é? Definição, importância e vantagens

Minimalismo organizado

Portanto, as pessoas bancarizadas são aquelas que possuem uma ou mais contas bancárias, que tenham sido movimentadas nos últimos seis meses. Em contrapartida, as pessoas sem acesso aos serviços bancários ou que não tenham movimentado suas contas nos últimos seis meses, são consideradas como desbancarizadas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Outra diferenciação se refere aos tipos de contas. As contas que permitem o envio e o recebimento de transferências de TED e DOC para qualquer banco, são bancarizadas.

Já as contas desbancarizadas não recebem TED nem DOC. Além disso, as contas bancarizadas possuem um código de compensação, como por exemplo, o número 001 do Banco do Brasil.

O objetivo da inclusão da população no sistema bancário é que mais pessoas tenham acesso a ferramentas que permitam gerenciar o seu dinheiro. Sendo que a quantidade de pessoas bancarizadas é um dos indicadores do desenvolvimento econômico do país. 

Bancarização no Brasil e no mundo

Além dos grandes bancos que possuem boa parte do market share nacional, existem também os bancos digitais e as fintechs. Com tanta opção, fica mais fácil escolher uma instituição financeira que melhor se adapte ao cliente.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No entanto, a parcela da população sem acesso às contas correntes, poupança ou qualquer outro serviço financeiro, ainda é expressiva.

Noticias ao minuto

Cerca de 1 a cada 3 pessoas no Brasil não usam os serviços de nenhuma instituição financeira. Apesar de uma parcela considerável da população não ser bancarizada, o Brasil é considerado pelo Banco Central, como um país com alto percentual de bancarização. 

O auxílio emergencial contribuiu bastante com o processo de bancarização. Acontece que boa parte das pessoas que receberam o auxílio, não tinham contas. Logo, a Caixa Econômica Federal abriu contas digitais para todas essas pessoas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Alguns motivos para que grande parcela da população seja desbancarizada é a desigualdade social e o trabalho informal. Além disso, essas pessoas pertencem às classes C, D e E e não confiam no sistema bancário, preferindo usar dinheiro em espécie. 

É preciso considerar também a eficiência do sistema bancário nacional, já que uma parcela dos desbancarizados são, na verdade, ex-bancarizados que tiveram experiências tão ruins com bancos que agora evitam qualquer contato com o sistema bancário. Ao invés disso, elas recorrem a parentes e amigos quando precisam de um empréstimo ou cartão de crédito.

Bancarização, o que é? Definição, importância e vantagens

Administradores

A porcentagem de inclusão da população no sistema bancário varia de acordo com o desenvolvimento do país. Sendo assim, em países desenvolvidos, como Reino Unido, Austrália e EUA, a taxa de bancarização chega perto de 100%. Se levarmos em consideração o mundo todo, temos cerca de 69% dos adultos bancarizados. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Importância

À primeira vista, a inclusão da população no sistema bancário pode parecer um processo que beneficia apenas os bancos. Entretanto, é preciso considerar que o acesso aos serviços financeiros proporciona uma melhor relação das pessoas com o dinheiro, contribuindo com o desenvolvimento econômico do Brasil. 

A possibilidade de realizar pagamentos online, controlar os gastos e rendimentos no extrato bancário, são alguns exemplos de ferramentas de controle financeiro que a bancarização proporciona. Ou seja, a bancarização contribui com a capacidade das pessoas se organizarem financeiramente.

A bancarização é uma das bases da chamada cidadania financeira. Em síntese, a cidadania financeira são os direitos e deveres que permitem às pessoas gerenciar corretamente os seus bens e recursos. Segundo o Banco Central, a cidadania financeira possui quatro premissas básicas:

B. Bahia

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
  1. Inclusão financeira: Garantir que as pessoas tenham acesso a serviços financeiros de acordo com as suas necessidades.
  2. Educação financeira: A educação financeira está relacionada com a capacidade individual das pessoas gerenciarem seu próprio dinheiro. 
  3. Proteção ao consumidor dos serviços financeiros: Além do acesso aos serviços financeiros, é preciso ainda que os cidadãos contem com um ambiente seguro, facilidade para resolver problemas e informações claras. 
  4. Participação: Por fim, é necessário que haja um canal que possibilite debates acerca do funcionamento do sistema financeiro nacional. 

Vantagens da bancarização

A principal vantagem da bancarização é o controle financeiro. Isso porque o sistema bancário oferece importantes ferramentas que possibilitam planejar e acompanhar a vida financeira. Outro benefício da bancarização é a facilidade em realizar e receber pagamentos por meio de TED ou DOC.

Esse benefício é ainda maior se levarmos em consideração que com a chegada do Pix, esse processo se tornou rápido e gratuito. A bancarização permite ainda que as pessoas e os empreendedores tenham acesso ao crédito. 

Exame

Por fim, temos a vantagem de que, com a bancarização, as pessoas param de guardar dinheiro em casa e perder o poder de compra para a inflação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ou seja, conhecendo ferramentas de controle financeiro e buscando por educação financeira, essas pessoas podem até mesmo se interessar por alternativas mais rentáveis do que poupança e começar a investir. 

E aí, curtiu aprender sobre bancarização? Então aproveite para aprender sobre o funcionamento do Pix, o que é? Características, como funciona e formas de pagamento.

Fontes: Bpp, Foca no dinheiro, Banco 24 horas e Conta-corrente

Imagens: B. Bahia, Iset, Administradores, Minimalismo organizado, Exame e Noticias ao minuto

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE


Conte-nos a sua opinião...