Viés da negatividade: o que é, como funciona e seus efeitos


O viés da negatividade é um tipo de viés cognitivo, que induz a pessoa a dar maior atenção às experiências ruins do que as boas.

Desse modo, por causa de uma única experiência ruim, você pode acabar esquecendo as coisas positivas que ocorreram.

Por exemplo, vamos supor que você saiu para ir em um restaurante com um grupo de amigos. Todos estão se divertindo e tendo uma ótima noite.

No entanto, quando os pedidos chegam, você percebe que o garçom se confundiu ao anotar os pedidos, e trouxe um sanduíche de frango ao invés de carne, sendo que você detesta frango.

Por causa disso, você fica mal humorado e não aproveita tanto mais a noite. Algo similar já aconteceu com você?

O viés da negatividade pode parecer inofensivo. Mas ele pode afetar o seu trabalho, passeios e até mesmo o seu relacionamento amoroso.

Isso porque, ao dar maior importância aos fatos negativos do que positivos, você pode acabar tomando decisões precipitadas e se arrependendo depois.

Como o viés da negatividade funciona?

O viés da negatividade funciona como a tendência mental dar maior importância para os estímulos negativos do que aos positivos.

Por exemplo, tendemos a sentir a dor da repreensão de forma mais forte do que a alegria de um elogio.

Inclusive, esse viés explica o porque as primeiras impressões ruins são difíceis de superar e por que os traumas do passado causam efeitos prolongados.

Enfim, em todos os aspectos da nossa vida, tendemos a perceber as coisas negativas e lembrar delas com maior nitidez do que as positivas. Sendo assim, tendemos a:

  • Reagir de forma mais forte a estímulos negativos do que positivos;

  • Pensar em coisas negativas com mais frequência do que em coisas positivas;

  • Lembrar de experiências traumáticas com mais nitidez do que as positivas;

  • Lembrar de insultos melhor do que elogios.

Como esse viés surge?

O surgimento do viés da negatividade está ligado ao nosso instinto de sobrevivência. Isso porque, durante a evolução humana, vários vieses surgiram para ajudar o ser humano a sobreviver.

No caso do viés da negatividade, ele pode ter ajudado o ser humano a perceber as ameaças do ambiente. Ao identificar as ameaças, as chances de sobrevivências eram maiores.

Por exemplo, ignorar o céu bonito era menos fatal do que ignorar um rugido. Contudo, a estrutura social mudou e hoje vivemos em uma sociedade mais complexa.

Com isso, o viés da negatividade impacta outras coisas na nossa vida, que não estão, necessariamente, relacionadas com a sobrevivência.

Apesar disso, podemos fazer um paralelo entre antigamente e agora. Por exemplo, o rugido de hoje em dia é a crítica do chefe ou um acidente de trânsito. Já o céu azul pode ser um elogio do chefe ou uma refeição gostosa.

Efeitos do viés da negatividade na vida e nos investimentos

Como você já sabe, o viés da negatividade faz com que você dê maior atenção aos fatos negativos do que aos positivos.

Sendo que ele pode impactar os vários aspectos da sua vida, inclusive nos investimentos. Por exemplo, você pode dar grande importância às notícias de crise e a desvalorização da bolsa.

Com isso, você pode acabar tomando decisões precipitadas, que podem resultar em prejuízos. Por exemplo, muitos investidores foram impactados pelas notícias sobre a Covid-19 e venderam os seus ativos.

Como a bolsa passou por uma queda durante certo período, quem vendeu as ações durante a queda ficou no prejuízo.

No entanto, quem não se deixou levar pelo viés e se manteve fiel a sua estratégia de investimentos, pôde aproveitar para comprar boas ações por preços baixos.

Como superar o viés da negatividade?

Não é fácil superar o viés da negatividade. Isso porque, muitas experiências ruins causam um impacto mais profundo do que as experiências positivas.

Por exemplo, perder uma mãe ou pai para o câncer tem um peso muito maior do que a alegria de comprar um carro 0km.

Portanto, nem sempre é possível evitar este viés. No entanto, em algumas situações da vida, é possível suprimir os sentimentos negativos e focar nos positivos.

Uma forma de fazer isso, é exercitar a sua capacidade de resgatar memórias positivas. Dessa forma, quando você tiver sentimentos negativos, você pode se lembrar de coisas boas.

Ao fazer isso, você pode acabar percebendo que as coisas bem sempre são ruins e pode conseguir evitar ser levado pelo viés da negatividade.

Lembre-se: os momentos tristes não são eternos, eles são passageiros!

LEIA MAIS

Viés da autoconveniência: o que é, como funciona e seus efeitos

Efeito IKEA: o que é e como afeta as suas finanças?

Efeito de enquadramento: saiba o que é e como te afeta

Viés do otimismo: entenda o que é, como surge e seus efeitos

Efeito backfire: descubra o que é e como funciona

Teoria do prospecto, o que é? Efeitos e relação com os investimentos

O que são os efeitos placebo e nocebo?

Efeito holofote: aprenda o que é e como funciona!

Efeito de ambiguidade: o que é e como funciona esse viés?

Fontes: Mais retorno, Vitat e The cap.

Conte-nos a sua opinião...