Gráfico underwater: saiba o que é e como funciona

15 de agosto de 2022 - por Jaíne Jehniffer


O gráfico underwater é um tipo de gráfico de investimento. Ele serve para que o investidor consiga analisar a rentabilidade de uma empresa.

Desse modo, ele funciona como uma forma do investidor diminuir o risco da aplicação, pois ele pode fazer comparações e encontrar ativos com menos volatilidade e que podem trazer um bom retorno.

Portanto, o gráfico underwater pode servir como uma importante ferramenta na análise de ações e na tomada de decisões em relação aos investimentos.

Como funciona o gráfico underwater?

O gráfico underwater funciona como uma forma dos investidores analisarem a rentabilidade de uma empresa para decidir se ela é a melhor opção de investimento.

O gráfico underwater tem como base os percentuais das perdas de acordo com o número total do gráfico comum.

Em outras palavras, ele tem como foco as perdas e desconsidera os ganhos do investimento. Dessa forma, ele consegue analisar os riscos da ação.

Em síntese, o gráfico mostrará sempre os picos de perdas e o tempo que foi necessário para que houvesse a recuperação da queda e o ponto mais baixo será a pior perda que já ocorreu nessa aplicação.

Portanto, com este gráfico é possível analisar o quanto uma empresa perde, qual a porcentagem de vendas perdidas em comparação às vendas positivas e ainda, o tempo necessário para a empresa se recuperar do prejuízo.

Enfim, no gráfico, quanto mais baixo for um pico, maior foi a desvalorização.

Além disso, quanto mais inclinada for a linha descendente e/ou quanto mais largo for um pico invertido, maior foi o tempo preciso para que o ativo se recuperasse.

Características do gráfico underwater

Uma das principais características do gráfico underwater é que ele serve tanto para a análise de ações, quanto para a análise de fundos de investimento.

Outra característica, é que ele serve como fazer uma comparação com os ganhos e as perdas do ativo.

Sendo que você pode calcular o percentual de perdas em comparação com os lucros. Desse modo, esse é um gráfico que oferece uma análise do nível de risco da aplicação.

Além disso, o gráfico underwater serve para apresentar as perdas de um período de uma maneira visual, o que pode tornar a análise mais fácil.

Importância

O gráfico underwater pode ser uma importante ferramenta na análise de ações e fundos de investimento. Isso porque ele demonstra as previsões de possíveis perdas.

Dessa forma, você consegue analisar o risco de aplicar em certo ativo. Consegue ainda comparar os riscos de diferentes aplicações e analisar quais são as menos voláteis.

Além disso, com este gráfico você consegue verificar quais foram os piores momentos para o fundo ou empresa e conferir quanto tempo foi necessário para a recuperação.

Vantagens

Uma das grandes vantagens do gráfico underwater é que o investidor consegue analisar o risco da aplicação. Isso porque o gráfico foca nas perdas e desconsidera os ganhos.

Sendo assim, você pode usar o gráfico para verificar se as perdas são pontuais ou se ocorrem de forma recorrente ou prolongada. 

O gráfico tem ainda a vantagem de servir para comparar o potencial de perdas de aplicações diferentes. Com isso, você pode escolher entre dois ativos.

No fim das contas, o gráfico underwater é vantajoso para te ajudar a escolher o melhor investimento. Mas é claro que ele não tem só vantagens.

Desvantagens

O gráfico underwater tem algumas desvantagens que o investidor deve considerar. A primeira desvantagem é que ele não é uma ferramenta usada de forma muito ampla.

Acontece que nem todos os bancos de investimentos e ativos possuem essa avaliação. Desse modo, pode ser que você tenha que construir seu próprio gráfico.

Além disso, existe o fato de que o passado não garante o futuro. Ou seja, o gráfico se baseia no passado de certo ativo. Mas não tem como prever qual será exatamente o seu futuro, é possível apenas TENTAR adivinhar.

Por fim, temos ainda a desvantagem de que é impossível prever o futuro. Portanto, não tente usar o gráfico como uma previsão confiável do futuro.

Ao invés disso, use várias ferramentas e indicadores antes de tomar uma decisão de investimentos. Assim as suas chances de sucesso são maiores.

Quando usar o gráfico underwater?

O gráfico underwater costuma ser usado antes de fazer um investimento em ações ou fundos de investimento. Ou seja, ele é útil na análise de ações e de fundos.

Por exemplo, ao fazer a análise fundamentalista de empresas, você pode usar esse gráfico para comparar o comportamento do ativo com os dados do negócio.

Por fim, o gráfico também pode ser usado no balanceamento da carteira. Com isso, você consegue diminuir os riscos de erros ao escolher ativos para a sua carteira.

Lembrando que você não deve basear as suas escolhas apenas no gráfico underwater. Use também os indicadores fundamentalistas.

LEIA MAIS

Análise gráfica, o que é? Como funciona, tipos de gráficos e riscos

Volume financeiro: o que é e como fazer a análise correta

Out of the money: o que é, quando ocorre e exemplo

Análise Quantitativa: como ganhar dinheiro com dados

Análise técnica, o que é? Como funciona, tendências, padrões e riscos

O que é Forex e como funciona esse mercado?

Análise de ações – Diferenças entre fundamentalista, técnica e como fazer

Fontes: Suno, Capital research e Renovainvest.

Microeconomia: o que é, como funciona e quais são os elementos?

George Stigler: vida e carreira do Nobel de economia

Margaret Thatcher: quem foi e quais foram as contribuições dela?

Economia comportamental: o que é e como funciona?