O que são LCI e LCA? Como funcionam, vantagens e como investir


As LCIs e LCAs são títulos de renda fixa emitidos por bancos, com o intuito de captar recursos a serem utilizados na concessão de empréstimos nos setores imobiliário e do agronegócio.

Sendo assim, quando o investidor aplica em LCI e LCA, ele está basicamente emprestando dinheiro para o banco em troca de um rendimento que pode ser prefixado, pós-fixado ou híbrido.

Apesar de falarmos sobre o que são LCI e LCA e sobre o funcionamento desses títulos, esse texto não deve ser visto como uma recomendação de investimentos.

O que são LCI e LCA?

A sigla LCI se refere à Letra de Crédito Imobiliário e LCA é a Letra de Crédito do Agronegócio. Portanto, as LCIs e LCAs são títulos semelhantes, a única diferença é que no caso das LCIs o dinheiro arrecadado é destinado exclusivamente para o setor imobiliário, enquanto nas LCAs os recursos vão para o agronegócio.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
o que são LCI e LCA

Diário oficial

Ao aplicar nesses títulos, o investidor está emprestando seu dinheiro ao banco em troca de uma taxa de juros, que pode ser prefixado (previamente determinado), pós-fixado (atrelado a uma taxa de juros variável) ou híbrido (parte prefixado e outra variável).

Como funcionam?

Com o dinheiro captado com os títulos, os bancos concedem empréstimos e financiamentos para os clientes, cobrando uma taxa de juros muito mais alta do que a acordada com os investidores. Ao emprestar o dinheiro, o banco corre o risco de levar o calote dos clientes.

No entanto, esse risco não é transferido para os investidores, já que o banco é obrigado a devolver o dinheiro no vencimento do título, independente dele ter levado calote ou não. Porém, existe o risco do banco quebrar. Neste caso, o investidor também não tem prejuízo, já que ele está protegido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

D e R negócios

O FGC garante a devolução de até R$ 250 mil por CPF e instituição. Logo, o recomendado é investir menos de R$ 250 mil por banco, assim você garante que, mesmo em caso de falência, ainda irá receber de volta o dinheiro e a rentabilidade acumulada até então.

Vantagens

A grande vantagem das LCIs e LCAs é a isenção de Imposto de Renda (IR). Sendo que esses títulos são isentos, pois o governo deseja incentivar os investimentos nos setores imobiliário e do agronegócio. De maneira geral, os títulos de renda fixa seguem a tabela regressiva de IR. Nesse sentido, aplicações com duração de até 6 meses têm alíquota de 22,5%.

Entre 6 meses e 1 ano, o imposto é reduzido para 20%. Já entre 1 e 2 anos, a alíquota vai para 17,5% e por fim, acima de 2 anos, o imposto é de 15%. Desse modo, a isenção de IR é uma grande vantagem, já que possibilita que o investidor tenha retornos superiores.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ynos

Outra vantagem das LCIs e LCAs é a proteção do Fundo Garantidor de Créditos. Entretanto, é importante que o investidor não tenha mais de R$ 250 mil no mesmo banco, pois esse é o limite de proteção do FGC. Qualquer valor acima deste valor será perdido.

Temos ainda a vantagem de que as LCIs e LCAs proporcionam uma boa diversificação para a carteira de investimentos. Como historicamente a renda fixa proporcionou um bom rendimento para os investidores, é importante não alocar todo o capital em renda variável. O mais recomendado é diversificar entre a renda fixa e variável.

Rendimento

Como dito anteriormente, as LCIs e LCAs possuem a vantagem da isenção de Imposto de Renda. Por isso, antes de investir nesses títulos, é recomendado calcular a diferença entre a rentabilidade de outros títulos que não são isentos. Por exemplo, suponhamos que você encontre um CDB que paga 100% do CDI, em 365 dias e uma LCI que paga 90% do CDI, em 365 dias.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A primeira vista, pode parecer que o CDB é mais vantajoso, afinal de contas ele rende o CDI, ao passo que a LCI rende menos do que o CDI. Contudo, se fizermos os cálculos de uma aplicação de R$ 1.000 no CDB, temos um retorno de R$ 1.034,13 no final do período. Porém, a alíquota de IR é de 17,5%. Logo, o rendimento é de R$ 1.028,16.

o que são LCI e LCA

Reflorestando

Por outro lado, se investirmos R$ 1.000 em uma LCI o retorno será de R$ 1.030,67. Como são isentas de IR, esse será o rendimento final. Portanto, o resultado final é que a LCI vale mais a pena do que o CDB.

A diferença entre os dois pode não ser muito grande. Mas se essa diferença se repetir em várias das suas aplicações, no final você pode ter perdido ou ganhado muito dinheiro.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Como investir em LCI e LCA?

O primeiro passo para investir em LCI e LCA é entrar na sua conta na IsaEx. Dentro da plataforma você irá encontrar diversas opções de LCIs e LCAs para aplicar. Depois disso, você deve estabelecer seus objetivos e prazos. Isso porque esses títulos, geralmente, precisam ser mantidos até o vencimento.

Isso significa que o ideal é que o prazo de realização do seu objetivo seja condizente com o vencimento do título. Depois de encontrar os títulos que se encaixam nos seus planos, é preciso analisar a solidez do banco emissor. Mesmo com a proteção do FGC, é interessante procurar por instituições que correm menos risco de quebrar.

Por fim, resta apenas fazer uma transferência bancária para sua conta e adquirir o título escolhido. Assista ao vídeo de Raul Sena e veja na prática como investir nesses títulos:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Agora que você já aprendeu como investir em LCI e LCA, aprenda Como investir no Tesouro Direto? Tipos e como aplicar passo a passo

Imagens: Dicionário financeiro, Diário oficial, Reflorestando, D e R negócios e Ynos


Conte-nos a sua opinião...