Selic vai cair – onde investir na renda fixa?


Já faz mais de um ano que o Banco Central está aumentando a taxa básica de juros para segurar a inflação. Com isso, a Selic entrou em um ciclo de alta muito forte, o que acabou incentivando milhares de pessoas a investir na renda fixa. Mas, agora, o cenário começou a mudar. Será que chegamos ao fim do ciclo de alta da Selic? Finalmente, a Selic vai cair?

Antes de tudo, é importante que a gente compreenda uma regra de ouro no mercado financeiro. “Se você não entende o ciclo, você dança!”

Taxa Selic vai cair?

O mercado, como um todo, está entendendo que a Selic deve começar a cair, já no primeiro semestre de 2023. E, aqui, vem a esperteza dos bancos e corretoras. Se todo mundo sabe que a Selic vai cair, o que eles fazem? Começam a vender os títulos prefixados (CDBs, por exemplo), mas pagando taxas menores.

Assim, os bancos/corretoras conseguem atrair os investidores que estão fugindo da Selic. De quebra, acabam lucrando mais com os prefixados. Porém, vou te dar um conselho valioso: corra desta armadilha!

Bancos e corretoras ganham com queda da Selic

O que acontece, na prática, é o seguinte: os investidores estão entendendo que a taxa Selic, hoje em 13,25% ao ano, vai cair. Com medo, eles migram pros investimentos prefixados. Os bancos/corretoras sabem disso. Então, eles emitem títulos prefixados de curta duração, mas com taxa prefixada num patamar relativamente baixo.

Aí, o banco pega o dinheiro agora, se comprometendo a pagar esse juro menor (abaixo da Selic atual). E, na hora em que o dinheiro ficar “caro”, o título já vai estar pertinho do vencimento. Bom pro banco/corretora, péssimo pro investidor!

Onde investir na renda fixa?

Para fugir dessa armadilha, o ideal é evitar títulos prefixados com prazos muito curtos – menos de 1 ano, por exemplo. A lógica é: se o prazo for curto, os juros têm de ser bem mais atrativos! Por que você ficaria “preso” num título que paga 11 ou 12% ao ano, se você poderia encontrar outro pagando acima da Selic?

Renda fixa: títulos atrelados ao IPCA

Caso você não encontre prefixados com boa rentabilidade, outra dica é partir pros títulos IPCA+. Estes títulos pagam a variação percentual da inflação (IPCA), acrescida de uma taxa predeterminada.

Como, neste momento, a inflação está mais controlada (7,17%), muitos investidores evitam este tipo de título. Como consequência, a rentabilidade do título acaba subindo. Hoje, alguns chegam a pagar o IPCA + 9% ao ano. O cuidado, no entanto, deve ser com o limite de proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Além disso, você deve estar atento à confiabilidade das instituições que oferecem esses títulos.

Inscreva-se na Pior Newsletter Possível!

Receba os melhores conteúdos (ou não) gratuitamente!

Usamos a Sendinblue como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para enviar este formulário, você reconhece que as informações fornecidas por você serão transferidas para a Sendinblue para processamento, de acordo com o termos de uso deles

Selic vai cair: aproveite o ciclo da renda fixa

No fim das contas, quem tiver bons títulos atrelados ao IPCA vai ter retornos melhores quando a Selic, finalmente, começar a cair. Aí, no próximo ciclo, com a Selic em baixa, vai ser um bom momento para comprar títulos que paguem, por exemplo, 120 ou 130% do CDI. É assim que você lucra com os ciclos da renda fixa.

Selic vai cair - onde investir na renda fixa?

Renda fixa e os fundos imobiliários de papel

Outra coisa ignorada por muitos investidores são os FIIs de papel. Na prática, estes ativos são de renda fixa porque investem, essencialmente, em LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários). Eles são considerados renda variável, apenas, porque os fundos são negociados na Bolsa de Valores. Logo, há oscilações no valor das cotas.

Com a queda da Selic, a rentabilidade dos FIIs de papel também cai. E isso faz os investidores venderem as cotas, massivamente, pressionando os preços para baixo. Então, no momento em que todos estão vendendo, pode ser uma boa hora para comprar e travar um preço melhor. Quando a Selic voltar a subir, será a hora de lucrar por ter comprado na baixa.

Entendeu como funcionam os ciclos? Então, pare de perseguir a manada, de maneira burra, e comece a aumentar seus ganhos quando o mercado sinalizar que a Selic vai cair.

Gostou do conteúdo? Então, não deixe de assistir ao vídeo acima (do canal Investidor Sardinha) em que detalho porque a Selic vai cair e onde investir na renda fixa.

Aproveite e faça parte da nossa comunidade no Instagram (@oraulsena) pra ficar sempre por dentro dos investimentos e da Bolsa de Valores.

E não deixe de conferir, também: 4 dicas valiosas para investir na renda fixa.

Conte-nos a sua opinião...