Saiba o que significa a desvalorização de uma moeda


A desvalorização da moeda é a redução do valor da moeda. Com isso, ocorre a perda do poder de compra da moeda em relação à outras moedas e em relação aos bens e serviços oferecidos no mercado.

O que causa a desvalorização da moeda

A desvalorização da moeda consiste na diminuição do seu valor. Isso pode ter várias causas. Mas, no geral, a desvalorização da uma moeda está relacionado com:

Dentre as causas, uma das principais é em relação à lei da oferta e demanda da moeda, bem como a emissão monetária.

Isso pode ocorrer, por exemplo, quando o Banco Central do Brasil (Bacen), emite moeda sem que ocorra um aumento real na economia.

A moeda está relacionada de forma direta à riqueza que um país tem. Dessa forma, se a emissão de moeda for maior do que a riqueza pode suportar, o valor da moeda tende a ser reajustado para baixo.

Além disso, a desvalorização também pode ocorrer quando há baixa procura pela moeda local ou maior procura pela moeda estrangeira.

Sendo que, isso pode ocorrer, por exemplo, em períodos de crise, quando aumenta a desconfiança em relação à economia local.

Quais são as consequências?

A desvalorização da moeda tem consequências em vários níveis da economia. Além disso, não é apenas a desvalorização da moeda local que é importante.

Isso porque as moedas estrangeiras também impactam na economia, sobretudo o dólar. As principais consequências são: desgaste da poupança, encarecimento dos serviços públicos e aumento da inflação.

Existem também outras consequências que atingem o país em vários níveis.

Por exemplo, os países subdesenvolvidos podem ter mais dificuldade de importar produtos industriais dos países desenvolvidos e de se desenvolverem.

A desvalorização também tem efeito direto no bolso dos consumidores. Em resumo, os produtos que têm matéria prima importada ficam mais caros.

Dentre as moedas estrangeiras com maior impacto, temos o dólar. Isso ocorre pois o dólar é uma moeda de referência. Logo, ele afeta todas as demais moedas e o cenário econômico global.

Apesar das consequências negativas da desvalorização da moeda, existem também alguns efeitos que podem ser positivos para alguns.

Por exemplo, com a desvalorização, as exportações são afetadas positivamente. Isso porque, as transações recebem moedas de maior valor em relação à moeda local.

Isso pode resultar no aumento do turismo nacional e do consumo interno de produtos nacionais.

Como a desvalorização do real afeta o seu bolso?

A desvalorização da moeda afeta diretamente o seu bolso. Isso porque, com a desvalorização, o poder de compra da moeda é reduzido. Isso significa que você perde poder de compra.

Isso ocorre pois produtos e serviços como remédios, pão, passagens aéreas, passagens de ônibus, entre vários outros, ficam mais caros com a desvalorização da moeda.

Isso ocorre por causa da alta do dólar, já que o dólar rege os preços de grande parte das matérias primas usadas nos produtos e serviços citados acima.

Por exemplo, o trigo é uma commodity precificada em dólar. Dessa forma, se o dólar sobe, o trigo fica mais caro.

Sendo que o trigo é matéria prima para vários alimentos presentes na cultura brasileira como pão, bolo e macarrão. Logo, com a alta do dólar, o pão francês que você come no café da manhã pode ficar mais caro.

Enfim, é por causa dessas variações de preço, que acompanhar o dólar é importante para todos e não apenas para quem vai viajar para o exterior. Afinal o dólar afeta o preço de vários produtos.

E aí, gostou de entender sobre a desvalorização da moeda e como isso afeta o seu bolso? Então não deixe de conferir também quais são os efeitos da inflação.

Além disso, aproveite para descobrir como se proteger contra a inflação e ainda, quais são os índices de inflação.

Fonte: Financeone.

Conte-nos a sua opinião...