Empresa de capital aberto, o que é? Como funciona e porque fazem a IPO


As empresas de capital aberto são as companhias com ações disponíveis para negociação na bolsa de valores brasileira

Para que possa ser considerada uma empresa de capital aberto, a companhia precisa realizar a IPO. É através dela que a empresa se adequa à uma série de critérios estabelecidos pela B3 e passa a ser negociada na bolsa. 

Geralmente, as empresas que fazem a abertura de capital, estão em busca de recursos. Apesar de existirem outras maneiras de conseguir verba para financiar seus projetos, a IPO possui vantagens que os meios tradicionais não têm.

O que é uma empresa de capital aberto

As empresas de capital aberto são as empresas que realizaram o processo de IPO e possuem suas ações na bolsa de valores. A principal diferença entre uma empresa comum e uma de capital aberto, é justamente o recebimento de sócios através da disponibilidade de suas ações na B3. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Open market

Ou seja, ao abrir o capital, as companhias vendem parcelas da empresa, chamadas de ações. Com isso, novos sócios minoritários entram na companhia. Geralmente, as empresas fazem a abertura de capital como uma forma de conseguir dinheiro para investir em seu crescimento. 

IPO

O processo de abertura de capital é chamado de IPO – Initial Public Offering que, em português, significa: Oferta Pública Inicial. Apesar de ser um processo longo e caro, onde a empresa passa por uma série de reformulações e burocracias para se adequar aos padrões da bolsa de valores, ele costuma ser preferível aos meios tradicionais.  

Podemos dividir a disponibilização de ações em duas etapas: 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Oferta primária: Ocorre quando a empresa passa pelo processo de abertura de capital e disponibiliza suas ações. Nesse caso, como a empresa está vendendo suas ações para os investidores, o dinheiro vai para o caixa da companhia. 

Empresa de capital aberto, o que é? Como funciona e porque fazem a IPO

Modalmais

Oferta secundária: A oferta secundária ocorre quando a primária acaba. Ou seja, após a venda das ações, a empresa sai de cena e o mercado secundário começa.

Desse modo, como não tem mais o envolvimento da empresa, o dinheiro não vai para o caixa da companhia. Portanto, as negociações são entre investidores. Isso significa que o dinheiro circula entre os investidores, que buscam comprar as ações na baixa e realizar a venda na alta. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ações

As ações, também chamadas de papéis, são pequenas frações da empresa de capital aberto. Elas são os ativos mais conhecidos e negociados na bolsa de valores. Podemos dividir as ações em dois tipos com benefícios diferentes: 

Ações preferenciais (PN): As ações preferencias são as queridinhas de muitos investidores, pois, elas possibilitam a prioridade no recebimento de dividendos. Os dividendos, por sua vez, são partes dos lucros das empresas distribuídos aos acionistas. 

Empresa de capital aberto, o que é? Como funciona e porque fazem a IPO

The cap

Ações ordinárias (ON): As ações ordinárias, ao contrário das ações preferenciais, não possuem prioridade no recebimento de proventos. No entanto, elas trazem consigo o poder de voto nas assembleias de acionistas. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por que as empresas fazem IPO

O principal motivo que leva as empresas a realizar uma IPO é a possibilidade de expandir o negócio. Dessa forma, os principais interesses que motivam uma empresa a abrir o capital são:

  • Financiamento de projetos;
  • Pagamento de dívidas;
  • Reestruturação financeira;
  • Abertura de uma filial;
  • Novos investimentos na empresa. 
Empresa de capital aberto, o que é? Como funciona e porque fazem a IPO

Space Money

Mas você pode se perguntar: Se realizar uma IPO é demorado e custa caro, por que as empresas abrem o capital?

As empresas preferem abrir o capital porque as formas tradicionais de se conseguir recursos, como empréstimos bancários, custa muito caro. Logo, apesar de ter seu custo financeiro, abrir o capital ainda costuma ser mais vantajoso. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Empresa de capital aberto – vantagens e desvantagens

A principal vantagem das empresas de capital aberto é a captação dos recursos financeiros necessários para realizar seus projetos. Outra vantagem é a visibilidade. Ao ser listada na B3, a organização automaticamente passa a ser vista e analisada por mais pessoas. 

Infomoney

Por outro lado, como desvantagem podemos destacar o aumento da burocracia da administração da empresa.

Dessa maneira, a contabilidade do negócio passa a ser feita por um conselho, a empresa deve divulgar dados sobre as suas operações para que os acionistas acompanhem seu desempenho, bem como prestar contas aos órgãos reguladores.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Contudo, esse excesso de burocracia e prestação de contas pode ser visto como uma vantagem. Isso porque, são esses processos que garantem uma melhor atuação da empresa. 

E aí, ficou interessado em investir em empresas de capital aberto? Então assista ao vídeo de Raul Sena e aprenda como investir do zero:

Enfim, agora que você sabe o que é uma empresa de capital aberto, descubra mais detalhes sobre O que é IPO? Como funciona, vantagens, desvantagens e como investir

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes: Mais retorno, Onze investimentos e Suno

Imagens: Modalmais, Space MoneyThe cap, Infomoney, Open market e Admiral markets


Conte-nos a sua opinião...