Escalabilidade: o que é, características e importância

9 de julho de 2021 - por Jaíne Jehniffer


A escalabilidade é o potencial de uma empresa em crescer exponencialmente sem ampliar proporcionalmente os custos do negócio. Ou seja, o objetivo é que a companhia tenha um aumento no faturamento, mas que os custos não sejam elevados em igual medida.

Nesse sentido, a escalabilidade de uma empresa é um dos critérios fundamentais utilizados por investidores que aplicam em novos negócios, como, por exemplo, os investidores anjos. Isso porque eles usam a escalabilidade para calcular os riscos do investimento e para projetar os possíveis retornos.

Existem três características principais de um negócio escalável. Primeiramente, ele deve ser ensinável, isto é, o processo pode ser ensinado para todos os membros da equipe. Além disso, ele precisa ser valioso e por fim, ele deve ser replicável.

O que é escalabilidade?

A escalabilidade é a capacidade que um sistema ou empresa têm de crescer e atender às demandas, sem perder sua qualidade no processo. Sendo que um modelo escalável é aquele que possui capacidade de aumentar o faturamento sem que os custos sejam elevados proporcionalmente.

Em resumo, um negócio ou sistema escalável é aquele que tem grande potencial de crescimento e consegue atender à demanda sem perder as qualidades que agregam valor à empresa. Ao mesmo tempo, o crescimento do faturamento é superior à elevação dos custos.

Sendo assim, as companhias escaláveis normalmente possuem custos de operação relativamente baixos e não precisam manter grandes inventários de produtos. Elas também possuem gastos baixos com recursos humanos e não precisam de grandes infraestruturas para expansão das operações.

Escalabilidade: o que é, características e importância

Rizer

Geralmente, elas desenvolvem processos bem pensados que podem ser replicados e expandidos facilmente sem perder a sua funcionalidade. Portanto, os processos de produção e distribuição dessas empresas funcionam perfeitamente tanto para atender poucos clientes, quanto para atender à demanda de milhões de clientes.

Isso faz com que essas empresas possam aumentar de tamanho rapidamente sem que os custos também sejam elevados proporcionalmente. Tudo isso é possível justamente porque anteriormente ela investiu tempo e dinheiro para desenvolver um produto ou serviço com processos com market fit.

Em síntese, o market fit é quando determinado produto resolve os problemas dos clientes, atende as necessidades do mercado e pode ser produzido em larga escala com boas margens de lucro.

Características da escalabilidade

Como as empresas escaláveis possuem um grande potencial de expansão, identificar se determinada companhia é escalável é uma maneira de averiguar o quão longe ela pode ir. Desse modo, as três características principais nos negócios escaláveis são:

1- Ensinável: O primeiro sinal de escalabilidade é o fato de que o processo de produção da empresa pode ser ensinado para qualquer membro da equipe. Essa é uma característica importante, pois indica que a companhia é maleável e pode expandir segundo o planejado.

2- Valioso: Uma empresa valiosa é gerada através da especialização em determinada atividade bem realizada, que consequentemente irá distinguir o negócio dos concorrentes, gerando valor para o produto oferecido.

Escalabilidade: o que é, características e importância

Foccoerp

3- Replicável: Um negócio replicável é aquele que o processo pode ser reproduzido e gerar receita recorrente. Essa característica é fundamental, pois significa que o modelo de produção funciona e que existe mercado para expansão.

Alguns exemplos de negócios escaláveis são os escritores, músicos e corretores de ações. Em contrapartida, profissões como taxistas, vendedores e dentistas não são escaláveis. Isso ocorre, pois nessas profissões a pessoa tem que trabalhar mais para ganhar mais, já que elas recebem por cliente atendido.

Já nas profissões escaláveis o profissional não necessariamente precisa trabalhar mais para ganhar mais. Por exemplo, um escritor depois que escreve um livro pode reproduzi-lo inúmeras vezes e vendê-lo.

Importância

A escalabilidade é muito importante para os gestores, pois é uma forma de identificar o real potencial de crescimento do negócio. Dessa forma, por meio da escalabilidade é possível verificar se determinada companhia tem a capacidade de gerar o faturamento necessário para recuperar o dinheiro investido no início do negócio.

Sendo assim, o empreendedor que entende sobre escalabilidade consegue analisar a saúde financeira da sua empresa e realizar os ajustes necessários no planejamento estratégico do negócio. A escalabilidade também é um dos indicadores mais utilizados pelos investidores, fundos de investimento e demais operadores do mercado.

Por exemplo, os investidores anjo podem usar a escalabilidade para verificar qual é a capacidade de expansão de uma startup antes de investir nela. Nesse contexto, o investidor anjo consegue reduzir os níveis de incerteza e prever qual será o retorno obtido se ele aplicar no negócio.

Biti9

Atualmente, a escalabilidade está sendo cada vez mais valorizada. Logo, em alguns tipos de negócios, como, por exemplo, as startups, é essencial que elas possuam um modelo de negócio replicável e que possa ser difundido através de ações de marketing e vendas.

Apesar de a escalabilidade ser um dos indicadores mais importantes de uma empresa, isso não significa que uma empresa cujo modelo de negócio não é escalável não possa ser muito lucrativa.

Existem vários casos em que a companhia não possui um modelo que seja ensinável ou replicável, mas atende necessidades específicas dos consumidores, por meio da realização das suas atividades únicas. 

Como transformar um negócio em escalável?

Uma das principais maneiras de transformar uma empresa em um negócio escalável é recorrer ao sistema de franqueamento. Essa é uma boa alternativa, pois abrir franquias é uma maneira de expandir o número de clientes e de vendas ao mesmo tempo em que mantêm a qualidade.

Escalabilidade: o que é, características e importância

Movidesk

Além disso, os gastos com a montagem e manutenção das franquias são de responsabilidade dos franqueados. Isso significa que ao mesmo tempo em que o negócio está se expandindo, ele não está aumentando os gastos.

Outra alternativa para transformar uma empresa em negócio escalável é replicar a ideia do negócio através do licenciamento do know-how, o que possibilita que o faturamento seja elevado através do recebimento dos direitos pelo uso. 

E aí, gostou de aprender sobre a escalabilidade? Então não deixe de aprender também quais são os Setores da bolsa de valores – Definição e lista dos principais segmentos

Fontes: Endeavor, Meu sucesso, Nexoos e Eqseed

Imagens: Rizer, Foccoerp, Academia assai, Movidesk e Biti9

10 livros essenciais para entender sobre economia comportamental

10 dicas de como melhorar a sua relação com o dinheiro

Mitos e verdades sobre empreendedorismo que devemos conhecer

8 dicas do que fazer com a restituição do IR