Mercado à vista, o que é? Diferenças entre mercado a prazo e fracionário


No mercado à vista, o comprador paga o ativo no momento em que ele é adquirido. Da mesma maneira, o vendedor entrega o ativo na realização da operação. Portanto, é uma via de mão dupla, em que a troca entre o dinheiro e o ativo é realizada rapidamente.

Por outro lado, a operação pode ser realizada no mercado a prazo. Neste caso, é estabelecida uma obrigação a ser cumprida em uma data futura, por parte do comprador e do vendedor.

Existe ainda o mercado fracionário, que funciona de maneira similar ao mercado à vista. Neste caso, são vendidas ações unitárias. Já no mercado à vista, são negociados lotes padrões.

O que é mercado à vista?

O mercado à vista funciona da mesma maneira que as compras que são realizadas à vista. Sendo assim, ao comprar um ativo, ocorre o pagamento à vista.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

É claro que existem alguns prazos para que o ativo comprado passe para o comprador. Porém, o pagamento é feito na hora de adquirir o ativo. Esse prazo depende do sistema e do ativo comprado, podendo variar entre D+1, D+2 ou mais. 

Por exemplo, ao comprar uma ação no mercado à vista, o dinheiro do investidor sai da corretora, cumpre os processos de custódia e liquidação, e então a ação se torna do investidor.

Em contrapartida, ao vender uma ação, ela é processada pelas instituições depositárias e, posteriormente, é transferida para a titularidade do comprador. 

Mercado à vista, o que é? Diferenças entre mercado a prazo e fracionário

Blog do trader

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No mercado à vista, as ações são negociadas em lotes, conhecidos como lotes-padrão. A responsável por organizar esses lotes é a B3 – Bolsa de Valores Brasileira. Entretanto, quem define a quantidade de ações dos lotes são as empresas.

Normalmente, os lotes são negociados em múltiplos de 100. Dessa forma, no mercado à vista é possível comprar no mínimo 100 ações ou múltiplos, tais como: 200, 300, 500 e por aí vai.

Mercado à vista versus a prazo

No mercado à vista, o comprador realiza o pagamento e, dentro de determinado prazo, o ativo passa para a sua titularidade. Por outro lado, no mercado a prazo é criada uma obrigação, onde o comprador e o vendedor se comprometem a entregar o dinheiro e o ativo, respectivamente, em uma data futura. Enfim, o mercado a prazo se divide em três categorias:

1- Mercado a termo: No mercado a termo, o comprador se compromete a pagar o valor do ativo e uma taxa de juros como compensação. Em outras palavras, no mercado a termo, além de pagar o valor previamente combinado pelo ativo, o comprador também paga uma porcentagem de juros.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

The forex scalpers

2- Mercado de opções: Neste mercado, não existe um compromisso, mas sim a alternativa de realizar ou não o acordo. Desse modo, quem possui a opção de venda, pode escolher entre vender ou não o ativo na data limite.

Já quem tem a opção de compra, pode comprar ou não o ativo na data limite. Porém, o comprador precisa pagar uma quantia que serve como garantia e, caso ele opte por desistir do contrato, esse valor não é devolvido.

3- Mercado futuro: O mercado futuro funciona de maneira similar ao mercado a termo. O que os difere é a obrigação pode ser transferida. Dessa maneira, a pessoa pode cumprir o contrato, ou simplesmente vender a obrigação para outro investidor. Já no mercado a termo, o investidor não pode vender a obrigação, onde, na data limite, ele é obrigado a cumpri-la. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Mercado fracionário

O mercado fracionário funciona de maneira similar ao mercado à vista. A única diferença entre eles é que no fracionário o investidor pode comprar unidades de ações.

Logo, enquanto no mercado à vista o investidor precisa ter o dinheiro suficiente para comprar um lote padrão de ações, no mercado fracionário ele pode comprar entre 1 e 99 ações. 

Mercado à vista, o que é? Diferenças entre mercado a prazo e fracionário

Wib est broker

Se, por exemplo, as ações da WEG estão cotadas em R$ 73,00, no mercado à vista o investidor precisa desembolsar R$ 7.300. Entretanto, no mercado fracionário, o investidor poderia optar por comprar apenas uma ação, assim ele precisaria de menos de R$ 100,00.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Portanto, a grande vantagem do mercado fracionário é que os investidores pequenos podem investir com pouco dinheiro.

A desvantagem, é que as ações possuem baixa liquidez. No entanto, se o objetivo for investir no longo prazo, a baixa liquidez não é relevante, já que a intenção não é vender rapidamente o ativo.

Enfim, para comprar ações no mercado fracionário, basta colocar o ticker da ação e o F na frente. Por exemplo, para comprar ações da WEG, basta colocar WEG3F. 

Agora que você sabe como o mercado à vista funciona e as diferenças entre o mercado a prazo e o fracionário, aproveite para entender como atingir o Primeiro milhão – 7 passos para conseguir e o que vem depois

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fontes: Bussola do investidor, Infomoney, Mais retorno, Dalton Vieira e Smartt bot

Imagens: Blog do trader, Admiral markets, The forex scalpers e Wib est broker


Conte-nos a sua opinião...