Saque do FGTS: opções para investir o dinheiro


O governo anunciou a liberação do novo saque de até R$ 1.000 do FGTS. Sendo assim, com este dinheiro, você pode aproveitar para investir.

Como será o saque do FGTS

Antes de te falar sobre as opções para investir o dinheiro do FGTS, vou te explicar rapidinho como será o saque do FGTS.

O governo liberou o saque de até R$ 1.000 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a trabalhadores com contas ativas ou inativas.

O dinheiro poderá ser movimentado através do aplicativo Caixa Tem para operações digitais de pagamento.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Além disso, o dinheiro pode ser transferido para outras contas bancárias por meio do Pix ou sacado nos caixas eletrônicos da Caixa ou em casas lotéricas.

Se você não quiser receber este dinheiro, basta não mexer nele. Com isso, o dinheiro irá retornar de forma integral para a sua conta no FGTS depois do dia 15 de dezembro.

O dinheiro será liberado entre 20 de abril e 15 de junho, de acordo com o mês de aniversário da pessoa:

  • Nascidos em janeiro recebem em 20/04 (quarta-feira)
  • Nascidos em fevereiro recebem em 30/04 (sábado)
  • Pessoas nascidos em março recebem em 04/05 (quarta-feira)
  • Nascidos em abril recebem em 11/05 (quarta-feira)
  • Nascidos em maio recebem em 14/05 (sábado)
  • Pessoas nascidos em junho recebem em 18/05 (quarta-feira)
  • Nascidos em julho recebem em 21/05 (sábado)
  • Nascidos em agosto recebem em 25/05 (quarta-feira)
  • Pessoas nascidos em setembro recebem em 28/05 (sábado)
  • Nascidos em outubro recebem em 01/06 (quarta-feira)
  • Nascidos em novembro recebem em 08/06 (quarta-feira)
  • Pessoas nascidos em dezembro recebem em 15/06 (quarta-feira)

Alternativas para investir o FGTS

Investir o dinheiro do FGTS é uma boa oportunidade para aproveitar a alta da Selic e ter um retorno mais alto. Até porque, com a inflação lá em cima, investir é uma forma de proteger o seu poder de compra.

No vídeo abaixo, Raul Sena, do Investidor Sardinha, comenta se vale a pena investir os recursos do FGTS.

1- Tesouro Direto

Em resumo, o Tesouro Direto é um programa criado em 2002 pelo Tesouro Nacional em parceria com a BM&FBovespa.

Ao investir no Tesouro Direto, você está emprestando o seu dinheiro para o governo em troca de uma taxa de juros. Sendo que essa taxa pode ser prefixada, pós-fixada ou híbrida.

Como esses títulos são garantidos pelo governo, eles são considerados como a aplicação mais segura do mercado. Além disso, o investimento mínimo é bem baixo. Enfim, os títulos do Tesouro Direto podem ser de 3 tipos:

1- Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título pós-fixado. Isso porque,a sua rentabilidade varia de acordo com a taxa Selic. Sendo que a Selic é definida a cada 45 dias pelo Copom.

2- Tesouro Prefixado

O Tesouro Prefixado tem uma taxa de juros que permanece a mesma até o vencimento do título. Desse modo, você consegue calcular qual será o retorno com a aplicação.

3- Tesouro IPCA+

Por fim, o Tesouro IPCA+ é um título híbrido. Sendo assim, você recebe uma taxa de juros prefixada mais a variação do IPCA. A grande vantagem desse título é  que ele garante um ganho real com a aplicação.

2- CDBs para investir o FGTS

A sigla CDB significa Certificado de Depósito Bancário. Este tipo de título é emitido por bancos com o intuito de captar recursos.

Assim como no Tesouro Direto, ao investir em CDB, você está emprestando o seu dinheiro. A diferença é que o dinheiro é emprestado para o banco e não para o governo.

Isso significa que os CDBs são um pouco mais arriscados do que o Tesouro Direto. Apesar disso, eles são títulos bem seguros, já que contam com a proteção do FGC.

Em síntese, o Fundo Garantidor de Créditos (FGC) devolve até R$ 250 mil por CPF e instituição em caso de calote.

Por serem um pouco mais arriscados, os CDBs oferecem um retorno mais alto do que o Tesouro. Sendo assim, os CDBs são uma boa opção para investir o FGTS.

3- LCIs e LCAs

LCI significa Letra de Crédito Imobiliário. Já a LCA é a Letra de Crédito do Agronegócio. Ambos os títulos são bem parecidos.

Sendo assim, os dois tipos são emitidos por bancos com o intuito de captar recursos. Além disso, eles são isentos de imposto de renda e contam com a proteção do FGC.

A única diferença entre ambos é o destino dos recursos. Isso porque os recursos captados pelas LCIs vão para o setor imobiliário, ao passo em que o dinheiro captado com as LCAs são para o setor do agronegócio.

4- Ações para investir o FGTS

As ações são frações de empresas negociadas na bolsa de valores. Dessa maneira, ao investir em uma ação, você se torna sócio da empresa e tem alguns direitos como, por exemplo, o recebimento de dividendos.

No entanto, diferente das opções anteriores de ativos para investir o FGTS, as ações são uma alternativa de renda variável. Isso significa que elas passam por maiores oscilações e você pode perder dinheiro.

Apesar disso, as ações são um dos ativos mais famosos do mercado. Isso porque, se você escolher boas empresas, você pode ter altos retornos ao investir no longo prazo.

5- ETFs

A sigla ETF significa Exchange Traded Funds. Ou seja, são fundos de índice, que investem de acordo com o índice de referência.

Os ETFs podem usar diferentes índices como referência, o que impacta no risco e que retorno que ele terá. Além disso, o valor para investir em ETFs varia bastante.

6- Fundos de investimento

Os fundos de investimentos são como uma reunião de investidores com foco em aplicar em um ativo ou setor em específico.

Existem fundos de vários tipos, como por exemplo, fundos de ações, renda fixa, multimercado e etc. O risco do fundo varia bastante de acordo com o tipo de ativo que ele investe. O valor para investir também varia muito.

7- Fundos imobiliários

Por fim, mais uma opção para você investir com o saque do FGTS, são os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs).

O FIIs é um tipo de fundo de investimento, mas ele aparece separado na nossa lista, pois ele tem algumas particularidades.

Por exemplo, de maneira geral, os FIIs distribuem dividendos de forma mensal. Desse modo, ele pode ser uma boa opção para quem pretende viver de renda.

Enfim, gostou de conhecer algumas opções para investir o saque do FGTS? Então não deixe de conferir também opções de investimentos que rendem mais do que a poupança.

Fontes: Infomoney e Cnn Brasil.


Conte-nos a sua opinião...