Quanto rende R$ 10 mil aplicado no Tesouro Direto?

Com a taxa Selic em 13,25% ao ano, R$ 10 mil aplicado no Tesouro Direto por 1 ano, rende R$ 1.325,00. Aprenda agora como calcular.

26 de janeiro de 2022 - por Jaíne Jehniffer


A Selic hoje está em 13,25% ao ano. Isso significa R$ 10 mil aplicado no Tesouro Direto por 1 ano, rende R$ 1.325,00 apenas de juros. Desse modo, no total você terá R$ 11.325,00.

O tesouro direto costuma ser a aplicação favorita dos investidores que estão começando. Isso porque, ele rende bem mais do que a poupança. Sendo que como ele tem a garantia do governo, ele é uma aplicação de baixo risco.

Enfim, entender sobre o funcionamento e a rentabilidade do tesouro direto é muito importante caso você pretenda investir nele. É por isso que nesse texto eu vou te ensinar como ele funciona e como calcular a sua rentabilidade.

O que é Tesouro Direto?

Antes de falarmos sobre como calcular o quanto rende R$ 10 mil no tesouro direto, vamos falar sobre o que é e como funciona esse tipo de investimento.

O tesouro direto é um programa criado em 2002 pelo Tesouro Nacional junto com a BM&FBovespa. Ou seja, é um título público por meio do qual o governo capta dinheiro com os investidores.

Isso significa, que ao investir no tesouro direto, você empresta o seu dinheiro para o governo. Esse empréstimo é feito em troca de uma taxa de juros que pode ser:

1- Prefixada

Você sabe desde a aplicação qual será a taxa de juros do título. Com isso, existe uma certa previsibilidade de retorno.

2- Pós-fixada

O título é atrelado a uma taxa que varia. Desse modo, você só sabe de fato o quanto irá ganhar, no vencimento do título.

3- Híbrida

Por fim, temos o retorno híbrido, que é composto por uma taxa prefixada e outra pós-fixada.

Quanto rende R$ 10 mil no Tesouro Direto

Tipos de tesouro direto

Tendo como base os 3 tipos de retornos, os títulos de tesouro direto podem ser:

1- Tesouro prefixado

É o título que tem uma remuneração prefixada. Vale destacar que a taxa de juros permanece a mesma até o vencimento do título. Isso proporciona previsibilidade para a aplicação.

Porém, também significa que se a inflação subir muito, o título pode não proporcionar um ganho real. Em outras palavras, se a inflação ficar acima da taxa do título, você pode ter um retorno abaixo da inflação.

2- Tesouro Selic

É um título pós-fixado que rende de acordo com a Selic. Em resumo, o COPOM – Comitê de política monetária se reúne a cada 45 dias para decidir se a Selic irá se manter ou será alterada.

Como a Selic pode mudar a cada 45 dias, o retorno do título varia. Isso pode ser positivo caso a Selic suba, já que o retorno do título também sobe. Mas a remuneração pode ser ruim em períodos de corte da taxa de juros.

3- Tesouro IPCA+

É um título híbrido que remunera uma taxa prefixada mais o IPCA. A grande vantagem desse título é que ele proporciona um retorno acima da inflação, já que está ligado ao IPCA.

Dessa maneira, em períodos de inflação alta, esse título proporciona uma certa proteção do patrimônio do investidor.

Quanto rende R$ 10 mil no Tesouro Direto

Como o tesouro direto funciona?

O tesouro direto funciona como uma aplicação de renda fixa. Isso significa que ao investir, você sabe como será o retorno da aplicação.

Você pode não saber qual será o rendimento exato, mas você sabe como funciona a remuneração. Sendo que a aplicação nos títulos do tesouro são como um empréstimo do investidor para o governo.

O fato de você emprestar seu dinheiro para o governo, faz com que essa aplicação tenha um baixo risco. Afinal de contas, você conta com a garantia do governo.

Alguns títulos de renda fixa como os CDBs, por exemplo, contam com a proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que devolve até R$ 250 mil por CPF e instituição em caso de calote.

O tesouro direto não conta com a proteção do FGC. Apesar disso, ele é considerado a aplicação mais segura do mercado, pois é o governo que garante esses títulos.

Outro detalhe importante sobre o tesouro direto, é que ele tem uma alta liquidez. Sendo assim, você pode resgatar sua aplicação quando desejar.

Quanto rende R$ 10 mil no Tesouro Direto?

O rendimento de R$ 10 mil no tesouro direto depende do tipo de título escolhido. Por exemplo, se você investir R$ 10 mil no Tesouro Selic, o retorno será equivalente à Selic.

No momento em que este texto está sendo escrito, a Selic está em 13,25%. Com essa taxa, em um ano, você teria um valor bruto total de R$ 11.325,00. Isso significa que apenas de juros, você teria R$ 1.325,00.

Nesse exemplo, estamos considerando que você irá fazer um único aporte de R$ 10 mil no ano. Ou seja, se você fizer outros aportes durante o ano, o seu rendimento total será maior.

Por exemplo, vamos supor que você faça um aporte inicial de R$ 10 mil e depois invista R$ 500,00 por mês, durante um ano.

No final desse período, você terá um total de R$ 16.000,00. Sendo que R$ 1.681,19 é apenas de juros. Repare que o valor dos juros não subiu tanto assim.

Isso ocorre pois os juros compostos precisam de tempo para agir e resultar na mágica dos juros compostos. Vamos supor que você faça o aporte inicial de R$ 10 mil e invista R$ 500,00 por mês durante 5 anos.

No final do período de 5 anos, você teria um total de R$ 40.000,00. Desse valor, R$ 20.023,77 são de juros compostos. Percebe a importância do tempo nos investimentos?

Se você quiser fazer o cálculo do rendimento de outros valores, basta usar a calculadora de juros compostos do Investidor Sardinha, clicando aqui.

Na calculadora você precisa colocar apenas o aporte inicial, o valor que será aplicado mensalmente, a taxa de juros e o tempo que irá durar a aplicação.

Atenção!

Vale ressaltar que neste texto eu te dei alguns exemplos tendo como base a taxa Selic hoje, que é de 13,25% ao ano.

Mas o rendimento do tesouro selic e demais aplicações, varia no decorrer do tempo, segundo as mudanças na Selic.

Além disso, nos exemplos não consideramos o imposto de renda e nem a perda do poder de compra causada pela inflação.

Mesmo assim, fazer o cálculos com a calculadora de juros compostos é importante, pois ele te dá uma certa ideia do quanto renderia seu dinheiro ao ser investido.

Enfim, gostou de descobrir o quanto rende R$ 10 mil no tesouro direto? Então aproveite para descobrir Quanto rende 50 mil na poupança

LEIA MAIS

Tesouro Direto ou CDBs: onde vale mais a pena investir em 2022?

Tipos de Tesouro Direto: entenda as diferenças e saiba como escolher

Poupança ou Tesouro Direto: qual é a melhor opção, afinal?

8 Curiosidades sobre o Tesouro Direto que você precisa conhecer

Extrato do tesouro direto – Como consultar e dados informados

Imposto de Renda no Tesouro Direto – Como funciona e como declarar

Como investir no Tesouro Direto? Tipos e como aplicar passo a passo

Como investir em Tesouro IPCA? O passo a passo para começar a investir

8 dicas do que fazer com a restituição do IR

Como comprar euro mais barato

As dívidas mais comuns entre os brasileiros e como evitá-las

Programa de fidelidade: o que é, como funciona e exemplos