6 moedas mais desvalorizadas do mundo em relação ao dólar


A moeda mais desvalorizada do mundo é a lira turca. Em 2021, a moeda despencou e o dólar subiu mais de 37% sobre a lira. Sendo assim, hoje uma lira vale cerca de 0,067 dólar dos EUA.

Vale destacar que a desvalorização da moeda é a redução do valor da moeda. Com isso, ocorre a perda do poder de compra da moeda em relação à outras moedas e em relação aos bens e serviços oferecidos no mercado.

Quais são as 6 principais moedas mais desvalorizadas em relação ao dólar?

De acordo com um levantamento feito pela Economatica, que compara moedas de 25 países, a moeda mais desvalorizada é a lira turca.

Sendo que a baixa cotação de uma moeda em relação ao dólar não significa, exatamente, que ela é desvalorizada, porque o poder de compra pode compensar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

1- Lira turca

Em 2021, o dólar subiu mais de 37% sobre a lira. Com isso, a moeda despencou em 2021. Hoje uma lira está valendo cerca de  0,067 dólar americano.

Um dos principais motivos apontados para a crise cambial no país, é a interferência do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, sobre a política monetária do país.

Basicamente, a ordem do banco central turco é de cortar os juros, priorizando o crédito e as exportações. Nesse cenário, a estabilidade da moeda é deixada de lado.

Enfim, essa desvalorização da moeda afeta diretamente a população com a inflação em níveis elevados.

2- Peso argentino

A segunda moeda mais desvalorizada no mundo, em 2021, foi o peso argentino. Com a disparada de 20% do dólar sobre a moeda, o peso argentino, atualmente, está valendo cerca de 0,0090 dólar americano.

Em síntese, essa crise mundial da Argentina é resultado de uma dívida de US$ 45 bilhões contraída junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI) na gestão do ex-presidente Mauricio Macri.

Sendo que a dívida é superior a todo o volume que a Argentina tem em reservas cambiais, de US$ 39,2 bilhões.

3- Moedas mais desvalorizadas: peso chileno

O peso chileno vem passando por uma desvalorização constante ao longo dos anos. No final de 2021, houve a eleição do novo presidente Gabriel Boric.

Com isso, a moeda teve a sua maior desvalorização desde 2008. Sendo assim, hoje 1 peso chileno equivale a 0,0013 dólar americano. Contudo, a moeda começou o ano de 2022 sendo fortalecida.

Logo, o peso acumula alta de quase 43% frente ao real desde o início do ano passado. Desse modo, só neste ano, o aumento é de 4,6%.

4- Peso colombiano

Em 2021 o peso colombiano passou por uma forte desvalorização. Dessa maneira, atualmente, um peso colombiano é igual a 0,00026 dólar americano.

Alguns dos motivos para este cenário são: incertezas políticas e econômicas na Colômbia, uma violenta rejeição popular a um pacote de reforma tributária e a perda do grau de investimento.

5-  Iene japonês

Em 2021, o iene japonês passou pela sua maior desvalorização e ficou perto de seu menor patamar, fato que não acontece desde 1972.

Hoje um iene japonês é igual a 0,0081 dólar americano. O Banco do Japão, que é a autoridade monetária do país, argumenta que o iene fraco é vantajoso para a economia do país.

No entanto, essa desvalorização faz com que as famílias japonesas percam poder de compra. Além disso, os produtos importados ficam mais caros para os consumidores japoneses.

6- Moedas mais desvalorizadas: real brasileiro

Por fim, temos o real brasileiro que também passou por uma grande desvalorização em 2021. Sendo assim, atualmente, 1 real vale 0,21 dólar americano.

Além disso, de acordo com o levantamento da Economatica, o Brasil é o país onde, até o momento, o dólar mais perdeu valor em 2022. Isso porque, desde o início do ano, as perdas acumulam 6,63% em relação à moeda brasileira.

No Brasil, o começo do ano foi marcado por inflação alta e renda das pessoas em queda. Os especialistas acreditam que isso de deve aos juros e ao mercado de ações.

Acontece que, muitos investidores estão deixando de investir em ações de tecnologia, pois elas sofreram com o cenário de juros em alta nos EUA.

Por outro lado, eles estão optando por aplicar em commodities, setor em que o Brasil se destaca.

Por fim, todo esse cenário é impactado ainda pelo fato de que o Brasil está com o maior juro real do mundo, o que atrai recursos estrangeiros.

E aí, gostou de descobrir quais são as moedas mais desvalorizadas do mundo? Então aproveite para descobrir se o dólar vai acabar.

Fonte: Uol.


Conte-nos a sua opinião...