Macroeconomia, o que é? Índices e a relação com os investimentos


A macroeconomia é o estudo da economia em geral. Em outras palavras, é um campo de estudos voltado para a análise do cenário nacional ou regional como um todo.

Apesar de ser focada nos indicadores que ajudam a compreender a economia do país, a macroeconomia também está ligada à microeconomia. Isso porque a microeconomia é focada no plano individual dos cidadãos e empresas, cujas ações impactam na economia em geral.

Nesse sentido, compreender o que é macroeconomia e quais são seus índices é fundamental para os investidores, sobretudo para aqueles que possuem aplicações com retorno obtido por uma taxa de juros ou através de um índice de inflação

O que é macroeconomia?

A macroeconomia estuda a economia em geral. Ou seja, o objetivo da macroeconomia é estudar as variáveis macroeconômicas e os seus impactos na economia. Através desse estudo é possível acompanhar as relações de causa e efeito durante as oscilações do mercado.

Dessa forma, a macroeconomia está relacionada à maneira com que a economia de um país funciona. Sendo que o conceito de macroeconomia foi detalhado através da obra “A teoria geral do emprego, do juro e da moeda”, do economista britânico John Maynard Keynes, durante a crise de 1929

Macroeconomia, o que é? Índices e a relação com os investimentos

Onze

Além da macroeconomia, existe também a microeconomia. A diferença entre ambas, está na abertura de foco. Desse modo, a macroeconomia possui um foco amplo e engloba a economia em geral. Por outro lado, a microeconomia é focada em áreas menores, que sejam relacionadas às tomadas de decisão de organizações e pessoas.

Portanto, a macroeconomia estuda assuntos relacionados ao mercado como um todo, ao passo em que a microeconomia está focada em fatores específicos, que juntos impactam o mercado no geral.

Composição

A macroeconomia tem como objetivo aumentar o nível de empregos, distribuir renda, estabilizar os preços e aumentar a economia. Dessa maneira, ela é composta por cinco mercados:

1- Bens e Serviços: O mercado de bens e serviços estabelece o nível de produção agregada e o nível de preços. No mercado de bens e serviços, assim como no mercado de produção, ocorrem trocas econômicas entre famílias e empresas.

Essa troca é explicada por meio do fluxo circular de renda. O nome deriva justamente do fato de que ocorre um ciclo de troca entre as empresas que oferecem produtos e serviços para as famílias consumirem e o mercado de fatores de produção, onde as famílias oferecem sua mão de obra para as empresas.

Macroeconomia, o que é? Índices e a relação com os investimentos

Tecadi

2- Trabalho: O mercado de trabalho é composto por todos os tipos de mão-de-obra e determinada a taxa de salários e o nível de emprego. 

3- Monetário: Nesse mercado é analisada a demanda e oferta da moeda.

4- Títulos: Os agentes econômicos superavitários (que gastam menos que o seu nível de renda) e os deficitários (que gastam mais do que sua renda) são analisados pelo mercado de títulos. 

5- Divisas: Por fim, o mercado de divisas é dependente das exportações e entradas de capitais financeiros, resultado do volume de importações e saída de capital financeiro. 

Índices da macroeconomia

Se usados em conjunto, os índices da macroeconomia podem formar um cenário que contribui com o entendimento das características e aspectos econômicos que movimentam um país. Sendo que eles são ainda mais importantes quando a nação está passando por períodos de crises. Enfim, os principais índices de macroeconomia são:

1- Inflação: A inflação é causada pelo excesso de dinheiro em circulação em comparação com a oferta de produtos. Ela causa a perda do poder de compra da população e do valor do dinheiro.

2- Juros: As taxas de juros praticadas no mercado também são importantes ao se analisar a economia no geral. A taxa de juros está diretamente relacionada ao crédito disponível no mercado, o que pode contribuir com o aquecimento ou desaceleração da economia em geral. 

Macroeconomia, o que é? Índices e a relação com os investimentos

Jose roberto afonso

3- Desemprego: A taxa de desemprego é vista como uma espécie de termômetro dos movimentos de recessão. Isso porque, em períodos de crise, a tendência é que a taxa de desemprego aumente.

Entretanto, quando os outros índices econômicos começam a se recuperar, a taxa de desemprego pode demorar mais para dar sinais de recuperação, devido à desconfiança do mercado.

4- PIB: O Produto Interno Bruto (PIB) representa a soma de todas as riquezas geradas por um país. Logo, em períodos de crise ele pode cair e voltar a subir em períodos de retomada. 

Política macroeconômica

A política macroeconômica consiste em uma série de medidas tomadas pelo governo, para que as metas e objetivos traçados para o desenvolvimento econômico do país, sejam cumpridas. A política macroeconômica se baseia em três pilares: controle da inflação, taxa de câmbio flutuante e meta fiscal de arrecadação e gastos. 

Vita marketing

As medidas tomadas pelos agentes do governo, para garantir que as metas sejam cumpridas, ocorrem através dos seguintes instrumentos:

  • Política comercial: É a facilitação ou não das exportações e importações;
  • Cambial: A política cambial está associada ao controle da taxa de câmbio do real;
  • Política Fiscal: A política fiscal está ligada aos impostos cobrados das empresas e cidadãos;
  • Monetária: Na política monetária estão inclusos a disponibilidade e quantidade de títulos e moedas;
  • Política de renda: Por fim, a política de renda está relacionada ao controle dos salários e preços.

A macroeconomia e os investimentos

Como a macroeconomia se refere ao estudo da economia em geral, então ela está diretamente relacionada aos investidores. Afinal de contas, as mudanças positivas ou negativas nos índices macroeconômicos impactam as movimentações financeiras. 

Ibc coaching

Por exemplo, um dos índices da macroeconomia é a inflação. A inflação corrói o poder de compra da população como um todo, inclusive dos investidores. Logo, o investidor precisa estar sempre atento para conseguir um retorno dos investimentos acima da inflação, assim ele garante um Ganho real, o que é? Cálculos, relação com inflação e importância

Fontes: Brasil escola, Capital research, Warren e Upis

Imagens: Onze, Vita marketing, Jose roberto afonso, Tecadi, Vita marketing e Ibc coaching

Conte-nos a sua opinião...