ROA, o que é? Importância, cálculos e uso na análise de investimentos


O ROA serve para indicar qual o retorno que a empresa possui sobre seus ativos. Esse tipo de indicador é usado principalmente em análises fundamentalistas, pois serve como um demonstrativo da geração de valor de uma empresa. 

O cálculo do ROA é útil tanto para gestores, que visam analisar e melhorar o desempenho de seus negócios, quanto para investidores, como uma forma de determinar a saúde da companhia. 

Apesar de sua importância, é preciso que o investidor analise o ROA juntamente com outros tipos de indicadores da empresa, afinal, um negócio lucrativa hoje pode ter prejuízos no futuro. 

O que é ROA

ROA é a sigla para Return on Assets, ou em português Retorno sobre o ativo. Ele é um importante indicador do potencial da empresa em gerar lucros a partir dos seus ativos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ou seja, o ROA reflete a eficiência da gestão da empresa. Exatamente por isso, esse indicador é tão importante na análise fundamentalista. 

ROA, o que é? Importância, cálculos e usos na análise de investimentos

Adm fácil

Por indicar a capacidade de retorno da empresa, o ROA é tido também como um índice de rentabilidade. Sendo que, a rentabilidade é o retorno que a empresa obteve com um determinado investimento à longo prazo. 

Importância

O ROA é importante, principalmente, para conhecer a rentabilidade de uma empresa. No entanto, ele também pode ser usado para entender a eficiência dos ativos permanentes, saber como está a gestão do capital de giro e aplicar medidas de controle de despesas. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

The cap

Além disso, com o return on assets, é possível perceber como está a margem de lucro da empresa, analisando se ela possui aumento ou diminuição.

Outra coisa importante indicada pelo ROA, é a alavancagem da empresa. A alavancagem financeira ocorre quando uma empresa recorre à fontes de recursos externos para que possa financiar seus ativos, o que pode resultar no endividamento da companhia. 

Cálculos

Podemos calcular o retorno sobre ativos através da fórmula:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

ROA = Lucro líquido / Ativo Total

Em um balanço patrimonial, os ativos totais são as contas em que estão registrados os créditos, direitos e bens do patrimônio da empresa.

Entretanto, os ativos da empresa são financiados pelo patrimônio ou por dívidas. Logo, é possível realizar o cálculo desconsiderando os custos de adquirir os ativos, adicionando de volta os custos com juros na fórmula. Dessa maneira, para esse cálculo a fórmula seria:

ROA = (Lucro líquido + Despesas de Juros) / Ativo Total Médio

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
ROA, o que é? Importância, cálculos e usos na análise de investimentos

Compliance pericias

O resultado dos cálculos de ROA devem ser apresentados em porcentagem e servem para demonstrar a eficiência da empresa em converter os ativos em dinheiro. Logo, quanto maior for o valor do ROA, mais eficaz é a empresa em gerar rentabilidade. 

Por outro lado, um retorno sobre o ativo baixo pode ser o resultado de vários fatores, como, por exemplo, a empresa pode ter realizado investimentos em ativos com pouco retorno financeiro ou pode ter tido baixa produtividade.

O cálculo pode ainda apresentar um ROA negativo. Isso significa que, por algum motivo, a empresa não obteve lucros e teve que recorrer ao patrimônio líquido e aos ativos para cobrir suas despesas. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em resumo, empresas com ROA baixo ou negativo, precisam passar por uma reavaliação, sendo necessário que a empresa busque formas de melhorar seus indicadores e se reestruturar. 

ROA, ROE e ROI

As siglas ROA, ROE e ROI, significam respectivamente:

  • ROA – Return On Assets (Retorno sobre ativo);
  • ROE – Return On Equity (Retorno sobre o patrimônio líquido);
  • ROI – Return Over Investiment (Retorno sobre Investimento). 

Modalmais

O ROA é um indicador do retorno sobre os ativos da empresa, dessa maneira, ele se refere à ativos como: maquinário, insumos e estoques. Já o ROE considera os recursos líquidos, isto é, o dinheiro livre da empresa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por fim, o ROI indica o quanto de retorno o investidor terá com o investimento. Dessa maneira, é possível prever o retorno para cada R$ 1 investido e decidir se a aplicação vale a pena. 

ROA na análise de investimentos

Existem diversas vantagens que levam os investidores à estarem sempre de olho nos retornos das empresas. Uma das principais, é a possibilidade de analisar a alocação de capital da empresa.

O ROA também é útil para medir o desempenho dos ativos e fazer uma comparação entre o desempenho das outras empresas. Para os gestores de um negócio, o ROA serve também como uma forma de visualizar os melhoramentos que a empresa precisa e controlar as despesas do negócio. 

ROA, o que é? Importância, cálculos e usos na análise de investimentos

Trabalhe com qualidade

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Porém, o investidor precisa ter cuidado ao usar o ROA na análise de investimentos. Primeiramente, esse indicador não deve ser usado de maneira isolada, é importante considerar diversos outros aspectos das empresas, como, por exemplo, Capex e Opex. 

Também é importante considerar que uma empresa que gera lucros atualmente, pode não gerar lucros no futuro. Justamente por isso, o ROA não deve ser usado de maneira isolada na análise de investimentos. 

Enfim, agora que você sabe como analisar o return on assets, aproveite para aprender também como analisar o Balança comercial, o que é? Definição, principais tipos e como calcular

Fontes: Rico, Treasy e Suno

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Imagens: Synerhgon, Adm fácil, The cap, Trabalhe com qualidade, Compliance pericias e Modalmais


Conte-nos a sua opinião...