Como as corretoras ganham dinheiro? 7 formas das corretoras lucrarem

Com a tendência da zeragem da taxa de corretagem das corretoras de valores, resta a pergunta: Como as corretoras ganham dinheiro? Afinal de contas, se anteriormente as taxas eram uma das principais fontes de recursos, como as corretoras estão sobrevivendo sem cobrar taxas?

20 de maio de 2021 - por Jaíne Jehniffer


Com a tendência das taxas zero das corretoras de valores, resta a pergunta: como as corretoras ganham dinheiro? Afinal de contas, se anteriormente as taxas eram uma das principais fontes de recursos, como as corretoras estão sobrevivendo sem cobrar taxas?

Uma das formas que as corretoras ganham dinheiro é através do spread. Como elas realizam a intermediação de títulos, elas podem comprar ativos no atacado que oferecem um retorno X e disponibilizarem para os clientes oferecendo um retorno Y. 

Outra maneira das corretoras lucrarem é por meio do dinheiro que fica parado na conta da corretora. Isso porque esse dinheiro rende 100% do CDI para a instituição. 

Como as corretoras ganham dinheiro?

As corretoras são empresas que realizam a intermediação nas operações de compra e venda de títulos. Elas possuem um papel muito importante no mercado, já que o investidor não consegue comprar títulos sem a intermediação de uma corretora.

Devido à sua importância, para funcionar, as corretoras devem ter a autorização do Banco Central e são fiscalizadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Enfim, pela intermediação nas operações, as corretoras ganham dinheiro através de: float, spread, taxa de corretagem, porcentagem da taxa de custódia, alocação de cobertura de margem, multa por saldo devedor e repasse na distribuição de fundos.

1- Float

O float é a retenção temporária de recursos. Isso significa que o dinheiro que fica na conta da corretora, ou na conta corrente dos bancos, gera um rendimento de 100% do CDI para a instituição financeira. Ou seja, uma das formas que as corretoras lucram é por meio do dinheiro na conta dos clientes.

Como as corretoras ganham dinheiro? 7 formas das corretoras lucrarem

Flua

A remuneração equivalente ao CDI à primeira vista pode parecer pequena. Entretanto, é preciso considerar que diversos clientes possuem o hábito de deixar o dinheiro parado na conta da corretora. 

2- As corretoras ganham dinheiro com o spread

O spread é a diferença de preço entre os títulos de renda fixa, oferecidos originalmente pela instituição emissora, e o seu preço de venda para os investidores. Em outras palavras, as corretoras compram os títulos que oferecem determinado rendimento e fazem o repasse para os clientes oferecendo um rendimento um pouco mais baixo.

Por exemplo, o banco X pode emitir CDBs que oferecem 13% ao ano e a corretora oferecer esses títulos para os clientes por 11% ao ano. Logo, os 2% de spread ficam como remuneração para a corretora. Uma forma de encontrar títulos com spreads menores é possuir conta em mais de uma corretora de valores.

Desse modo, você poderá comparar o rendimento oferecido pelo mesmo título em duas ou mais corretoras e optar pelo que possuir um retorno mais vantajoso.

3- Alocação de cobertura de margem

As corretoras podem ganhar dinheiro por meio da alocação de cobertura de margem. Ou seja, na garantia das operações alavancadas. Em síntese, a alavancagem consiste no investidor aplicar mais do que ele realmente possui em conta. Sendo assim, a alavancagem pode potencializar os ganhos ou resultar em grandes prejuízos.

Certifiquei

4- Porcentagem da taxa de custódia

A taxa de custódia é um valor cobrado para que os títulos sejam registrados no nome do investidor. Sendo que o valor da taxa pode ser fixo ou pode corresponder a uma porcentagem em cima do valor dos papéis guardados.

De maneira geral, essa taxa não é obrigatória e as corretoras podem cobrar ou não. Porém, em alguns casos a taxa de custódia não é de responsabilidade da corretora, mas sim da B3. Nesses casos, ela é obrigatoriamente cobrada. 

5- Taxa de corretagem

Com o crescimento da quantidade de corretoras no mercado, houve um aumento na disputa pelos clientes. A maneira que essas empresas encontraram de chamar a atenção dos investidores, foi zerando a taxa de corretagem e oferecendo mais benefícios.

No Brasil, a primeira a praticar a corretagem zero foi a Clear, em 2018. De lá para cá diversas corretoras zeraram suas taxas e atualmente a maioria possui taxa zero para aplicações em renda fixa e algumas contam com taxa zero até mesmo para investimentos em renda variável.

Modalmais

Mas atenção: as corretoras que não cobram taxa de corretagem normalmente recorrem a outros meios de ganhar dinheiro, como, por exemplo, por meio do spread. Por isso, ao escolher uma corretora, analise não apenas a taxa de corretagem, mas também os mecanismos que ela utiliza para ganhar dinheiro.

6- Multa por saldo devedor

As corretoras podem ganhar dinheiro também cobrando multas dos clientes que não possuem dinheiro em conta para pagar suas operações de compra de opções e ações. Essa penalidade é cobrada também dos clientes que não possuem dinheiro para pagar o ajuste diário no mercado futuro

7- As corretoras ganham dinheiro com o repasse na distribuição dos fundos

Essa forma das corretoras ganharem dinheiro, ocorre quando o gestor do fundo faz o repasse de uma porcentagem referente ao valor que os clientes da corretora tiverem investido no fundo. Por exemplo, se um fundo cobrar 2% ao ano, ele pode repassar 0,5% para as corretoras que disponibilizarem o fundo em sua plataforma.

Portanto, esse repasse funciona como uma remuneração para as corretoras que disponibilizam o fundo para os clientes. Enfim, agora que você sabe quais os mecanismos utilizados para as corretoras ganharem dinheiro, veja o vídeo de Raul Sena e descubra qual a melhor corretora:

Agora que você sabe como as corretoras lucram, aproveite para entender como funciona a Corretagem zero – Como funciona e como as corretoras ganham dinheiro

Fontes: The cap, Educando seu bolso e Investidor Sardinha

Imagens: Flua, Jus Brasil, ModalmaisCertifiquei

George Stigler: vida e carreira do Nobel de economia

Margaret Thatcher: quem foi e quais foram as contribuições dela?

Economia comportamental: o que é e como funciona?

Daniel Kahneman: biografia e carreira do Nobel de economia